O futuro das criptomoedas no Brasil

Redação 05/07/2019
Redação 05/07/2019

As criptomoedas devem ter um crescimento vertiginoso nos próximos anos em todo o mundo.
No Brasil, hoje, são transacionados mil Bitcoin por dia (se cada Bitcoin for cotado a R$ 20 mil, o
valor total diário é de R$ 20 milhões). No mercado asiático, o volume diário já é de 500 mil
Bitcoin, ou seja, de R$ 13,5 bilhões.

 

 

 

 

 

 

 

A Stratum é uma das maiores corretora que operam no Brasil. O criador e principal dirigente
da Stratum, o empreendedor Rocelo Lopes, acredita que “as criptomoedas vão crescer pela
facilidade, rapidez e segurança em lidar com o dinheiro, na compra e venda de produtos e
serviços. “Numa viagem não será preciso levar nenhum dinheiro ou cartão no bolso. Tudo será
resolvido pelo celular em poucos toques”, afirma Rocelo.
Além da compra e venda de Bitcoin e outras moedas digitais, disponibiliza para os seus
clientes, em diferentes países, uma carteira virtual e um caixa eletrônico de Bitcoin, que é o
primeiro da América Latina.
A meta da Stratum é fechar este ano com US$ 500 milhões em transações em diferentes
mercados mundiais. “Somos uma plataforma global com maior potencial de atuação na
América Latina. Queremos crescer de forma planejada e garantir completa segurança para os
nossos clientes”, completa Rocelo.

Assine nossa revista e tenha acesso ao conteúdo completo!
https://empreendedor.com.br/assine/