Por que investir numa franquia em 2019?

Turismo deu salto nos últimos anos e promete movimentar mais de R$ 250 bi

Redação 29/01/2019
Redação 29/01/2019

A estimativa é que o Brasil prossiga sua recuperação econômica em 2019, com crescimento do PIB, inflação controlada e manutenção das taxas de juros. Esses fatores trazem um sentimento positivo de melhoria dos negócios, consumo e fortalecimento do mercado de investimentos.

Este pode ser então o momento ideal para investir num novo negócio, seja para incrementar a renda da família ou como opção principal para mudar definitivamente de vida. E o setor de franquias é uma oportunidade mais segura de negócios, com expectativa de crescimento em 2018 acima dos parâmetros da economia brasileira.

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) estima um aumento de cerca de 7% no faturamento e de 5% em número de unidades em 2018. Na última pesquisa da associação, realizada no terceiro trimestre, o setor já havia registrado crescimento de 6,3% e geração de mais de 80 mil novas vagas de trabalho.

“É importante um momento de estabilidade para que o novo empreendedor tenha mais tranquilidade no primeiro ano de funcionamento do seu empreendimento. E as franquias acabam sendo uma boa opção, já que as empresas mais consolidadas no mercado já testaram o seu modelo de negócios e oferecem total suporte ao franqueado de primeira viagem”, explica Ana Virgínia Falcão, CEO da Clube Turismo, empresa com 16 anos de atuação, sendo dez no modelo de franquias.

Eleita em 2017 a “Melhor Franquia do Brasil” na categoria Cultura e Lazer pela ‘Pequenas Empresas e Grandes Negócios’, a franquia Clube Turismo é um exemplo de alto desempenho no segmento. Nos últimos dois anos, a marca saltou de 350 unidades para mais de 500 franqueados, num segmento que cresce anualmente próximo de dois dígitos, franquias de Hotelaria e Turismo.

O setor de Turismo no Brasil deu um salto nos últimos anos e oferece grandes oportunidades de negócios. Estudo do World Travel & Tourism Council (WTTC), mostra que o Produto Interno Bruto (PIB) do turismo brasileiro deve crescer, em média, 2,9% nos próximos oito anos, isso significa que o faturamento do setor chegará a um montante de R$ 251,8 bilhões.

“Hoje oferecemos três modalidades de negócios, com investimento a partir de R$ 4,9 mil, para empreendedores com nenhuma ou pouco experiência. Aprendemos os caminhos que facilitam o desempenho do negócio e trazemos essa experiência para nossos franqueados. O empreendedor só precisa seguir o padrão da nossa marca”, explica a CEO da Clube Turismo.