Potato Valley e Captal aportam em startup que oferece modelos de decoração 100% online

Gabriela Accorsi, Luciana Mendes e Guilherme Hathy

A  La Decora, startup que usa tecnologia inédita para oferecer projetos de decoração 100% online, pretende sanar ainda mais as lacunas que o mercado tem demonstrado nos últimos anos com os novos investimentos recebidos. O grupo tem o objetivo de aplicar o aporte recebido R$ 600 mil da Potato Valley e R$ 50 mil da Captal, totalizando R$650 mil no desenvolvimento de ferramentas tecnológicas e na área de marketing, de forma a garantir projetos mais rápidos e acessíveis para o consumidor.

Dentro da primeira meta, a ideia é aprimorar o algoritmo recomendador de produtos; dessa forma, será possível melhorar a experiência do usuário e, consequentemente, garantir um serviço prático, econômico e desenvolvido de forma personalizada. Já em relação ao segundo tópico, o intuito é contratar um time de vendas para aumentar o número de projetos que otimizem a visualização de imóveis, produtos e mobiliários dos clientes.

“A visão de que a decoração de interiores é complexa e difícil de ser acessada, especialmente no que se refere ao trabalho de arquitetos e decoradores, precisa ser desmistificada”, diz a CEO e cofundadora da LA DECORA, Luciana Mendes. “Com o aporte, poderemos ampliar a democratização do acesso a projetos personalizados, com qualidade e praticidade para transformar lares”, completa.

Tecnologia no mercado de decoração

Uma pesquisa do CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) e do Datafolha em 2015 indicou que das pessoas que construíram e reformaram naquele ano, 85% fizeram sem a ajuda de um profissional; dessa parcela, 70% afirmaram que contratariam um projeto mais acessível. Esse cenário estimulou a startup a entrar no segmento em 2016 com uma proposta inovadora para o setor: levar o design de interiores à população de maneira democrática e simples. “Há processos e plataformas que ajudam a diminuir o tempo de produção na decoração, o que, por sua vez, também diminui o preço. Porém, por meio de pesquisas notamos que a tecnologia ainda não era explorada da forma como poderia na área. Portanto, o nosso objetivo sempre foi desenvolver metodologias modernas, práticas e econômicas”, afirma Gabriela Accorsi, a COO e cofundadora da La Decora.

Esta lógica de negócios proporcionou um crescimento de vendas na empresa de 212% no ano de 2021 em relação a 2020. Hoje, a startup entrega cerca de 130 projetos ao mês, o que equivale a 1.500 ao ano. “Com os investimentos, esperamos crescer mais 365% no próximo ano. Além disso, pretendemos chegar no patamar de venda de cerca de 500 projetos ao mês ao final de 12 meses”, explica o CTO e Data Scientist da empresa, Guilherme Hathy.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Você também vai gostar de: