Quatro pontos essenciais para cuidar bem dos dados dos seus clientes

Transparência e informação são fundamentais

Redação 19/04/2019
Redação 19/04/2019

Estamos cercados de dispositivos que nos conectam com nuvens e que fazem a Internet das Coisas (ou IoT) e a Inteligência Artificial parte de nossas vidas. Cada vez mais, nossos dados são coletados, armazenados e analisados, fazendo com que esses dispositivos funcionem como devem. Assim, a proteção dos dados pessoais tornou-se essencial para a construção da confiança dos consumidores em empresas e serviços e uma prioridade na agenda da indústria de software.

“A abordagem desses negócios em relação à privacidade deve ser focada no usuário, fornecendo mecanismos para que ele tenha controle sobre suas informações”, explica o country manager da BSA| The Software Alliance, Antonio Eduardo Mendes da Silva, conhecido no mercado como Pitanga. “Empresas devem ser transparentes ao usar dados pessoais enquanto buscam oportunidades de negócios legítimas, também precisam contar com estruturas de proteção que garantam que o uso dos dados é consistente com a expectativa dos usuários”, completa.

Conheça abaixo quatro práticas essenciais para quem trabalha com dados de usuários, de acordo com análise da BSA, “Global Privacy Best Practices”:

1 Transparência

Controladores de dados devem fornecer explicações claras e acessíveis de suas práticas para lidar com dados pessoais, incluindo as categorias de dados que coletam e com quem os compartilham. Também devem informar os clientes sobre os processos que mantêm para revisar, solicitar alterações, cópias ou exclusões de dados pessoais.

2 Propósito específico

Recomenda-se que os controladores informem aos consumidores sobre a finalidade para a qual estão coletando seus dados pessoais. Esses dados devem ser usados apenas com o propósito original e previamente acordado com o consumidor. Também devem empregar sistemas de governança que garantam que os dados pessoais sejam usados ​​e compartilhados de maneira compatível com os propósitos declarados.

3 Consentimento

Os controladores devem permitir que os consumidores façam escolhas informadas e, quando apropriado e viável, recusem o processamento de seus dados pessoais.

4 Dados sensíveis

Se o processamento de dados confidenciais, como informações de contas financeiras ou condições de saúde, implicar riscos maiores de privacidade, os controladores devem pedir que os consumidores forneçam consentimento expresso e afirmativo para o uso das informações.


Sobre a BSA

BSA | The Software Alliance é a principal defensora do setor de software global antes dos governos e no mercado internacional. Seus membros estão entre as empresas mais inovadoras do mundo, criando soluções de software que estimulam a economia e melhoram a vida moderna. Com sede em Washington, DC e operações em mais de 60 países, a BSA promove programas de conformidade que promovem o uso legal de software e defendem políticas públicas que promovam a inovação tecnológica e o crescimento da economia digital. Siga a BSA em @BSAnews.