Sou ex-vendedor de picolé e montei um negócio de R$ 50 milhões

Luis Fernando Câmara 21/09/2019
Luis Fernando Câmara 21/09/2019

Sou Luis Fernando Câmara, 29 anos, nasci em uma família de classe média baixa, em Cravinhos, Ribeirão Preto. Hoje sou empreendedor, fundei a única rede de escolas especializada em oratória do Brasil.
Comecei a trabalhar aos 11 anos, vendendo sorvetes pelas ruas da cidade. Aos 14 vendia salgadinhos em uma pastelaria e estudava, aos 16 anos, me tornei instrutor de informática. Com 17 anos, abri meu primeiro negócio, uma farmácia, com meu irmão, Júnior, e meu pai, José Carlos.
Em 2010, aos 20 anos, vi na capa da revista Forbes os megaempresários Jorge Paulo Lemann e Eike Batista. Me empolguei com a trajetória do Eike, mandei um e-mail para o Grupo EBX, contando minha história e, não sei como, mas a mensagem chegou até o Eike.
A partir daí passamos a conversar online, até que o Eike encontrou uma brecha na agenda para me receber. A conversa durou algumas horas, fiquei ainda mais inspirado e cheio de novas ideias.
Montei uma empresa de vendas. Convidei um amigo, Junior Fernandez, que atuava como coaching e professor de oratória para treinar a equipe, para aprimorar a abordagem comercial. Mas quando o Junior me mostrou sua metodologia, deixou claro para nós o caminho: juntos, começamos a vender treinamentos de oratória.
Inspirado pelo empresário Flávio Augusto, que aos 23 anos fundou a rede de cursos de idioma Wise Up, defini que meu negócio deveria ser replicável, com ganhos na venda em escala, nascia em 2015 a Vox2You. Em quatro anos, a escola formou mais de 10 mil alunos, hoje mantém mais de 20 escolas de oratória no Brasil, empregando cerca de 300 pessoas.
Com a Vox2you, surgiu a V2Y participações, holding de educação, varejo e tecnologia. Juntas, as organizações faturam R$ 12 milhões anuais e têm valor estimado de mercado de R$ 50 milhões.