Startup que decifra a gestão da cultura organizacional recebe aporte de R$ 10 milhões

Comunica In gestão

Após aporte de R$10 mi, Comunica.In cria metodologia própria para se tornar a primeira CultureTech do mercado

O Comunica.in é uma startup criada em 2018 com foco em ser uma solução para a comunicação interna e agora expande a atuação tornando-se a primeira CultureTech do mercado. A criação da plataforma de gestão da cultura organizacional foi impulsionada pelo aporte de R$10 milhões recebidos no final de 2021. Atualmente, o Comunica.In atinge cerca de 300 mil colaboradores dos mais de 50 clientes que atende, a previsão é que a startup finalize 2022 com 120 clientes e 500 mil colaboradores impactados pela solução.

A mudança, além de acompanhar as tendências de gestão de pessoas, também está muito ligada a crenças que motivaram a criação da plataforma em 2018. Na época, um dos principais fatores que impulsionou Felipe Hotz, fundador e CEO, a desenvolver o Comunica.in foi a falta de dados e mensuração nas estratégias de comunicação interna.

Nesse novo momento, a plataforma pretende resolver problemas como a falta de aspectos tangíveis para gerenciar a cultura das empresas. “O tema cultura não é novo. Porém, nos últimos tempos, esse tem sido um dos principais desafios dos negócios. Uma área com tanta importância precisa ter indicadores que embasam a tomada de decisão, possibilitam análises e orientam planos estratégicos. Por isso falamos em gestão da cultura, e ela só acontece quando conseguimos traduzir a realidade em comportamentos tangíveis”, diz Felipe.

Metodologia com Tecnologia = CultureTech

Com o projeto de expansão, a startup compreendeu que não se encaixava mais nas categorias de mercado existentes, como por exemplo das HRTechs. Desta provocação, surgiu o termo CultureTech, que classifica uma empresa que oferece soluções tecnológicas voltadas para a gestão da cultura. “Durante o processo de estruturação da nossa metodologia, percebemos que não havia uma categoria que representasse por completo o Comunica.In. Neste momento entendemos que estava na hora de lançar uma definição, que nos coloca como a primeira CultureTech do mercado”, explica Camila Maistrovicz, Head de Comunicação do Comunica.In

Ao aprofundar o entendimento de gestão da cultura organizacional, o Comunica.In decifrou comportamentos por trás de empresas de sucesso. A metodologia da startup se chama Níveis de Conexão, representando o vínculo entre empresa e colaboradores. Ao contar com a tecnologia, é possível fazer a gestão deles de maneira estratégica, estruturada e mensurável.

A metodologia de Níveis de Conexão orientou uma transformação na maneira de organizar a tecnologia do Comunica.In. Agora, a startup organiza suas soluções em módulos, que podem ser implantados separadamente, conforme o nível de maturidade da cultura. Os módulos espelham os Níveis de Conexão: Comunicar, Escutar e Encantar.

O módulo Comunicar é o primeiro passo para a construção de uma cultura organizacional forte. A proposta é ajudar as empresas a resolver problemas de fluidez da comunicação e acesso à informação, sendo o nível essencial a ser conquistado. Em seguida, vem o módulo Escutar. A premissa é fomentar um diálogo com o público interno, ouvindo o que os colaboradores têm a dizer. Tudo isso, dentro de uma mesma plataforma, sem precisar de soluções complementares. A jornada de gestão da cultura culmina no módulo Encantar, que tem como objetivo surpreender as pessoas com interações individualizadas, enviadas de maneira automatizada em momentos chave da trajetória do colaborador.

As novidades vieram para somar. A plataforma continua contando com soluções de edição, mensuração e planejamento, além do app, que funciona como um Hub de serviços, agregando informações e sistemas úteis aos funcionários de uma empresa.

Nos últimos anos, as empresas passaram a perceber o valor de uma cultura forte para os negócios. A pandemia acentuou ainda mais essa questão, que tem sido a causa principal de movimentos como “A Grande Resignação”. Um estudo do MIT apontou que culturas tóxicas são 10 vezes mais importantes que remuneração para o turnover. Sem contar o impacto em outros desafios, como colaboração, inovação, engajamento, entre outros. Segundo a Pesquisa de Tendências e Gestão de Pessoas do Great Place To Work, cultura é uma das principais prioridades das empresas para gestão de pessoas em 2022.

Sobre o Comunica.In – O Comunica.In é uma plataforma de gestão de Cultura Organizacional das empresas. É a primeira CultureTech do mercado e possui uma metodologia própria, chamada Níveis de Conexão. O principal objetivo do Comunica.In é ajudar empresas a criarem conexões mais humanas que geram valor para os negócios, por meio da tecnologia.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Você também vai gostar de: