SumUp realiza levantamento com micro negócios e conclui que setor de transportes é o mais afetado

Redação 20/05/2020
Redação 20/05/2020

Levantamento realizado pela SumUp com uma amostra significativa de 12.800 microempreendedores de diferentes segmentos revelou que setor de manutenção e reparo, serviços automotivos e transportes precisarão de ajuda financeira após a pandemia por Covid-19. Empresas de manutenção representam 73% das respostas positivas, seguido por serviços automotivos, com 72% das afirmações. A situação mais grave está no segmento de serviços de transporte, cujo 79% dos respondentes confirmam que vão precisar de instituições financeiras.

A pesquisa ainda identificou que, principalmente, os setores de beleza e estética e transportes serão os mais afetados financeiramente pela crise do Covid-19. Entre eles, 88% dos negócios consultados na área de estética e beleza dizem não ter reserva de caixa de emergência para este período. No setor de transportes, esse percentual é de 87% de respostas negativas.

A preocupação com o futuro do negócio é outro fator que ficou ainda mais evidente em todos os setores ouvidos no levantamento, o segmento de transportes, que inclui motoristas de aplicativo, revelou-se o mais apreensivo, com 85% de respostas que confirmam a tensão com o momento.

Ao todo, 80% das empresas consultadas afirmam que tiveram seu empreendimento afetado pela doença, mesmo que não tenham conhecimento de casos em suas regiões, e observam quedas significativas nas vendas.

Dados da enquete revelam, ainda, percepções durante o período de combate ao covid-19, como a falta de planejamento e reserva financeira, que impactam diretamente na percepção da crise, aumentando a apreensão entre micro e pequenos empresários. Por outro lado, a enquete mostra que os empreendedores que estão se planejando, pensam principalmente em economizar, evitando e reduzindo gastos.

“A pesquisa revela o quanto as micro empresas foram impactadas neste período e traz a percepção do futuro desses negócios, que terão que se reinventar e buscar soluções alternativas para voltarem a crescer. A SumUp, por exemplo, para colaborar com os microempreendedores desenvolveu produtos específicos para o período de quarentena, oferecendo opção de pagamento por link com o SumUp Zap e e-commerce com o SumUp Shop”, explica o head de marketing da SumUp, Carlos Grieco.

Sobre a SumUp

A SumUp é uma fintech que oferece soluções financeiras, especialmente máquinas de cartão, para micro e pequenos negócios. Atualmente possui mais de 2.000 funcionários, 14 escritórios ao redor do mundo e conta com operações em 31 países. Nascida na Europa, em 2012, a fintech foi reconhecida pela revista americana Inc. como a empresa europeia com crescimento mais rápido no segmento – 14.368% entre 2013 e 2016.

No Brasil, a SumUp está presente desde 2013 com escritórios nas cidades de São Paulo e São José dos Campos, empregando 900, sendo 24% LGBTI+. Foi reconhecida em 2018 como uma empresa Great Place to Work no País. Em abril de 2016, a SumUp uniu forças com a payleven e aumentou ainda mais sua presença de marca, principalmente no Brasil.

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.