Terceirização é opção para o empresário focar no negócio e reduzir custos

terceirização empreendedor

Reduzir custos e se dedicar ao core-business são algumas das principais vantagens de optar pelo outsourcing, afirma presidente da ABRAPSA

 Momentos de crise econômica como o que é vivido pelo Brasil desde o início da pandemia de Covid-19 são períodos de grandes desafios para as empresas e indústrias nacionais. O aumento da inflação junto ao da taxa básica de juros (Selic) e a desvalorização da moeda são alguns dos sintomas que fazem com que empresários de todos os segmentos precisem redefinir prioridades e repensar seus negócios. Uma das possibilidades para a redução de custos e evitar maiores problemas orçamentários é o investimento na terceirização de serviços.

O modelo de trabalho baseado no outsourcing, ou seja, na busca por profissionais externos, vem crescendo no Brasil, especialmente em áreas como Tecnologia e Informação (TI) e de  assessorias jurídica e contábil. Manoel Valle, presidente da Associação Brasileira de Provedores de Serviço de Apoio Administrativo (ABRAPSA), explica que uma das principais vantagens de realizar a contratação de terceiros é a empresa poder se concentrar em seu core-business:

“Quando as funções são delegadas, os gestores de um negócio têm mais tempo livre para pensar no que é o principal produto ou serviço oferecido pela organização. Quando existe um setor, digamos, jurídico ou contábil, que é interno à empresa, existem muitas dores de cabeça para gerir e entender os problemas. Por meio da terceirização, a empresa deixa esses departamentos nas mãos de outras empresas que são especializadas no assunto.”

Outro ponto positivo, especialmente no contexto de crise, é poder ter no orçamento um custo fixo para os setores terceirizados. Ao fazer uma contratação, a empresa deixa de ter um custo variável — com pessoal, equipamentos, imprevistos, etc. — e passa a pagar o valor do serviço oferecido pela prestadora de serviços, que, como determina a Lei n. 13.429/2017, que dispõe sobre o trabalho terceirizado, é a responsável por contratar, remunerar e dirigir seus trabalhadores, ou mesmo subcontratar outras empresas. Ou seja, nesse modelo, não existe vínculo empregatício entre os funcionários ou sócios das prestadoras de serviços e a empresa contratante, e sim uma relação entre pessoa jurídica.

“Momentos de crise econômica são também momentos de muita inovação e oportunidade para aqueles que mantêm o olhar atento. É nessas circunstâncias que as empresas encontram novas formas de atuar, dinamizam suas equipes e abrem caminhos para o crescimento. A terceirização é uma excelente forma de reduzir custos, manter a competitividade e de gerar empregos, no caso das empresas prestadoras de serviços”, avalia Manoel.

Sobre a ABRAPSA – Fundada em 2006, a Associação Brasileira de Provedores de Serviço de Apoio Administrativo (ABRAPSA) reúne empresas de destaque no segmento com o interesse comum de promover o Business Process Outsourcing (BPO) no Brasil. O BPO, ou terceirização de processos de negócios, é uma estratégia de adoção de serviços terceirizados em áreas como gestão, tecnologia, contabilidade, folha de pagamento, apuração de impostos, fiscal, entrega de obrigações acessórias, financeiro, entre outras, para aumentar o desempenho empresarial, fomentar a colaboração, reduzir riscos e incrementar a transparência. A entidade sem fins lucrativos reúne as principais empresas de serviços, apoio e gestão para terceiros na execução de processos de negócios de suporte para as áreas administrativa, financeira e de recursos humanos no País.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Você também vai gostar de: