‘Uber do resíduo’, prometemos solução ecológica e tecnológica para o problema do lixo

Marcel Wars e Fernando Vargas 20/09/2019
Marcel Wars e Fernando Vargas 20/09/2019

Pensando em amenizar o impacto do excesso da geração de resíduos e os baixos índices de reciclagem na sociedade e, ao mesmo tempo gerar renda e oportunidades, eu, Marcel Wars, e meu sócio, Fernando Vargas, criamos a startup Biothanks, em junho de 2019. É um aplicativo que disponibiliza coletores (motorizados ou não), para recolher resíduos com potencial para reciclagem ou reaproveitamento, em casas ou empresas e dar uma destinação adequada.

Levamos nove meses para desenvolver o app, lançamos no Dia Mundial do Meio Ambiente (05 de junho), e investimos R$ 937 mil. Começamos disponibilizando o uso na Zona Leste de São Paulo, para coleta de entulho de pequenas reformas, eletrodomésticos e móveis usados. Hoje, a Biothanks pode ser usado em toda a capital, porém a área de cobertura será expandida, bem como os tipos de materiais a serem recolhidos.

O maior custo impeditivo para a reciclagem em larga escala é a logística, e aí que a Biothanks vai atuar, viabilizando a coleta rápida e segura de resíduos, mesmo que em pequenas quantidades, e gerando, ao mesmo tempo, trabalho e renda para diversas pessoas.

Para usar os serviços, o usuário informa o endereço e o que deve ser recolhido, escolhe o carro, efetua o pagamento online e aguarda a chegada do transportador. Dependendo do valor comercial do resíduo, o cliente poderá não pagar pela coleta ou até mesmo será remunerado. Para se cadastrar como coletor no app, o candidato passa por uma avaliação, que leva em conta, por exemplo, os antecedentes criminais.

Nós estimamos gerar para os coletores um ganho de 20% a 30% acima de aplicativos como o Uber. Nosso objetivo é que futuramente, após o churrasco do fim de semana, por exemplo, as pessoas automaticamente chamem a Biothanks para levar as latinhas e embalagens de papelão de suas casas.

www.biothanks.com