Valorização do Profissional da Comunicação Interna 4.0 dentro das empresas

Igor comunicação 4.0

*Por Igor Vazzoler, Fundador e CEO da Progic

Com o amadurecimento do mercado corporativo, o profissional de Comunicação Interna está se tornando cada vez mais essencial dentro das empresas, com influência nos mais variados departamentos e níveis de gestão.

Além disso, pela rápida velocidade de mudança de todos os cenários, existem características essenciais para estes especialistas dentro da Comunicação Interna 4.0. Atributos estes que, baseada nos estudos de profissionais referência na área, são capazes de torná-lo estratégico na gestão corporativa e parte integrante dos processos da empresa. Portanto, não tem como não falar de estratégia sem antes compreender o potencial de mudança que o profissional pode exercer com seu trabalho.

Esteja alinhado com os objetivos da empresa

De nada adianta ter em mente ações super criativas se elas não estão alinhadas com os objetivos da empresa. A Comunicação Interna é estratégica, justamente por tornar real e promover, de modo natural, os valores, propósitos e objetivos da empresa. Se tornar um profissional de destaque nesse departamento requer competências que vão além de emitir informações e promover eventos. O segredo está em ressignificar o setor para que ele seja visto, também pelos gestores, como essencial para desenvolvimento de todas as áreas da corporação.

Esteja presente nas reuniões estratégicas dos gestores

A Comunicação Interna é como um guia para que a empresa, gestores e funcionários caminhem todos para a mesma direção. Mas, para isso, o profissional responsável precisa estar por dentro do que acontece nos departamentos, compreender os relacionamentos entre líderes e liderados, conhecer os projetos que ocorrem na empresa e a visão que a alta cúpula está tendo do cenário atual da empresa.

Estimule e treine a liderança para serem ‘Agentes Comunicadores’

Para estimular um líder a se tornar comunicativo é preciso que os responsáveis pela C.I. tornem-se uma espécie de coaches, capazes de estimular o comportamento da liderança não só para metas financeiras, mas também para performance pessoal, mostrando a importância do relacionamento dele com os empregados.

O gestor tem uma nota que precisa repassar para toda a empresa? Dê as coordenadas para que ele mesmo estruture o recado e, se preciso, revise e faça os ajustes finais. O líder tem um encontro presencial com seu time? Se reúna com ele para ajustar as informações que não podem deixar de ser mencionadas e qual a melhor forma de falar com as pessoas, levando em consideração os perfis da audiência.

Se o chefe tem a difícil missão de comunicar uma demissão na sua equipe, lembre-o que estamos trabalhando com pessoas e sentimentos. Mostre a importância da empatia, do feedback e de como se comportar diante dos colegas que permanecem na empresa.

O líder não deve ser visto como figura imponente e dona da verdade. Apesar do nível hierárquico alto na corporação, todos possuem suas habilidades e características e podem aprender um pouco mais todos os dias.

Faça dos canais de comunicação meios de escuta e de fala

Sem dúvida, os canais de comunicação são aliados importantíssimos para disseminar informações e campanhas por toda a empresa. Mas gerar engajamento com esses canais é um super desafio aos responsáveis pela comunicação interna. Entre as várias estratégias para potencializar os canais, destaco uma: a participação dos próprios colaboradores na construção dos conteúdos.

Esses são alguns dos segredos para o profissional que quer alavancar os investimentos dos gestores na comunicação interna: mensurar resultados para cativar a alta cúpula, representando em números e dados o sentimento de lugar apaixonante para se trabalhar.

*Igor Gavazzi Vazzoler é o fundador e CEO da Progic. Engenheiro eletricista pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005), com MBA em Gestão de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas (2007), Igor fundou a Progic (2008) e atuou na estruturação de todas as áreas da empresa, que atualmente é líder no mercado de TVs corporativas no Brasil.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Você também vai gostar de: