Veloz & Inovador

Daniel Nunes Romero tem em seu Grupo 17 empresas com foco no carro para facilitar os serviços com bancos, consórcios e seguradoras

Marlon Aseff 24/07/2020
Marlon Aseff 24/07/2020

Fornecedor de serviços e soluções para o segmento financeiro e de varejo, com forte atuação no setor automotivo, o Grupo DNR – comandado pelo empreendedor Daniel Nunes Romero – firmou-se no mercado nacional a partir de uma aposta no foco e na inovação. Criador de startups de sucesso, seu Grupo conta hoje com 17 empresas orientadas na oferta de serviços para instituições financeiras, bancos, consórcios e seguradoras.

Entre as atividades desenvolvidas pelo Grupo DNR destacam-se serviços de call center, regularização de documentação de veículos, compras de cotas de consórcio, Big Data e uma esteira completa de remarketing, que está sob atuação da holding Auto2You que também integra o Grupo. Por meio de um portfólio de soluções, ancoradas por mais de 2.400 colaboradores, o grupo cresceu atendendo a grandes instituições financeiras e com muito foco no mercado.

Daniel Nunes Romero lembra da trajetória de sucesso iniciada há 20 anos. “A primeira empresa do grupo nasceu em 2000, com foco na localização de automóveis com contratos inadimplentes retomados por bancos e financeiras. Havia muitas lacunas a serem preenchidas no processo que começa na negociação do contrato inadimplente do automóvel, que pode ou não terminar em um leilão. Foi assim que encontramos um ambiente fértil para criar soluções inovadoras em torno da oportunidade de venda de carros” conta o CEO e sócio-fundador do Grupo DNR, que atualmente ostenta a incrível marca de 7 mil automóveis negociados por mês.

Como todo visionário e empreendedor, Daniel teve que superar alguns desafios iniciais até provar que sua ideia podia dar certo. Ainda adolescente, viveu os altos e baixos das crises econômicas que assolavam o país e viu sua família enfrentar sérias crises financeiras. Com esforço, persistiu nos estudos e finalizou a faculdade de Direito. O próximo passo foi um estágio na área jurídica de um banco, mas ainda com uma remuneração bem abaixo do ideal para auxiliar a família.

Foi nesse momento difícil que ele viu surgir uma grande oportunidade. Com a experiência jurídica e bancária mais consolidada, identificou na área de busca e apreensão de veículos a grande chance de crescer em um território ainda pouco inserido em processos digitais. Após prestar serviços para a instituição financeira, em pouco mais de um ano Daniel já comandava um escritório que se tornaria o embrião do Grupo DNR. “Minha família tinha uma confecção de lingerie em São Caetano do Sul, mas o negócio faliu bem no momento em que eu começava a cursar a faculdade de Direito. Então fui estagiar no setor de busca e apreensão do ABN Amro, localizando depositários infiéis e isso impulsionou minha carreira. Passei a prestar serviços para o banco e no segundo ano da faculdade já comandava um escritório com 50 funcionários. Tudo começou em um quarto da casa de minha mãe, mas com o crescimento da demanda, logo aluguei a casa toda”, lembra.

Mas o que parecia à primeira vista um negócio consolidado, para Daniel foi apenas o começo de uma série de novas empresas, destinadas a suprir todo um ecossistema do mercado automotivo. Ele logo identificou oportunidades em outras áreas e passou a criar uma série de empresas inovadoras. Pouco depois de criar a DNR Cobrança, a Nunes Romero Advogados e a Pacto Leilões, surgiu a Dr.Doc, especializada em serviços de despachante, que agregou objetividade e excelência no business. Atuando em todos os tipos de impedimentos e restrições visando a regularização da documentação automotiva, a empresa rapidamente tornou-se a quinta maior do segmento no país.

As empresas que surgiram do faro empreendedor de Daniel Nunes Romero ganharam um impulso extra a partir de 2018, quando ele deu início a um Hub de Inovação, destinado a desenvolver e consolidar startups focadas em novas tecnologias e soluções disruptivas.  Entre as empresas nascidas no hub está a Mais que Cliente, uma plataforma de vendas que surgiu como mais uma opção aos que possuem financiamento ou consórcio de veículos em atraso. A ideia baseia-se em oferecer solução para um problema recorrente: vender veículos para a quitação dos débitos, podendo render ainda um dinheiro extra, além da possibilidade de venda de carros com financiamento em dia.

Outra startup de destaque é a Carbigdata, uma plataforma de Big Data Analytics especializada em localização de veículos, com forte atuação para bancos, financeiras, seguradoras e grupo de concessionárias. A startup teve início através de uma parceria com Jaime de Paula, mago da Big Data no Brasil, criador da Neoway. Administrada atualmente por Daniel e Pedro de Paula, transformou-se na mais importante empresa na área de Big Data para carros do país. Com 10 milhões de capturas por mês, a startup tem como premissa a atuação em soluções pioneiras e enriquecimento de dados, construção de indicadores de portabilidade na localização de veículos por georreferenciamento e construção de estatísticas em decisões de ajuizamento. Entre os diferenciais tecnológicos utilizados pela empresa está o desenvolvimento de tecnologia própria para reconhecimento de imagem, o uso de câmeras móveis e fixas com tecnologia LPR e funcionamento noturno, algoritmo de inteligência artificial para otimização do processo, integração com base de dados on-line e off-line e App próprio para captura de imagens.

Na outra ponta, a fintech Concash, nascida de uma sociedade entre o Grupo DNR e a Gear Ventures, surgiu como uma plataforma do mercado financeiro de antecipação de ativos derivados de consórcios. “Se a pessoa para de pagar consórcio, só no final do plano poderá retirar o dinheiro, mas com a Concash é possível antecipar esse saque. É um clube de investimento”, explica Daniel. Ou seja, através da compra de cotas de consórcios excluídas, inadimplentes e adimplentes, a fintech auxilia os clientes a recuperar parte do dinheiro investido, atuando nos processos de captura, oferta, negociação, compra e transferência. Como benefício o cliente recebe à vista, de forma antecipada um crédito futuro, evitando penalidades. Por outro lado, o administrador reduz a inadimplência e custos de reativação, aumentando a permanência, a contemplação de receitas e melhora a saúde dos grupos no consórcio.

Duas outras soluções destinadas à venda de veículos seminovos também integram a holding. A HUBSGA, iniciativa única no mercado nacional, acolhe os veículos recuperados pelos clientes e serve como pátio para avaliação, onde os carros passam por melhorias de funilaria, pintura e manutenção em geral. No local, também é realizada uma avaliação criteriosa dos veículos que serão encaminhados a um dos canais de vendas do Grupo. Em parceria com a Fiat Amazonas, um dos maiores grupos automotivos do Brasil, foi lançada também uma loja para escoar os caros e atender, principalmente, as demandas de pessoas físicas. Além disso, em parceria com a iCarros, do banco Itaú, foram lançadas em 2019 mais cinco empresas que são a Cars2You, Trucks2You, Netcarros, iCarros Club e a Mais que Cliente. As startups foram reunidas sob a bandeira Auto2You, que constitui uma nova holding destinada a consolidar a liderança do grupo no mercado de negociação de veículos usados.

Assim, a Auto2You já nasce com oito empresas, cinco delas oriundas do hub de inovação do grupo como a Cars2You e Trucks2You, plataformas para compra e venda de veículos leves e pesados com integração ao iCarros e destinadas a concessionárias, revendas e locadoras; e a NetCarros, metabuscador  integrado aos leilões online de todo o país que concentra, em um único lugar, todas as ofertas disponíveis no mercado, de acordo com o perfil da pesquisa. Também compõe a Auto2You, a Dealers Club, marca que pertencia ao grupo Cox Enterprises e passou a ser integralmente do grupo este ano. Com atuação no B2B, promove eventos fechados a lojistas. Outra empresa da Auto2You, é a Win Leilões, antiga Pacto SP, que traz na bagagem 20 anos de atuação no mercado de leilões.

Com o lançamento da nova sede em Ribeirão Preto, vai atender presencialmente todo o estado de São Paulo e região sul do estado de Minas Gerais. “Começamos atuando em Manaus, Belém, Fortaleza e Salvador como Pacto, e logo nos unimos à LeiloMaster para abranger Goiânia e Brasília e depois expandimos para o Sudeste, por meio da associação com Tegmax, em 2006. Em 2014, assumimos o controle da operação de São Paulo”, detalha Daniel Romero.

Segundo ele, a criação da holding faz parte da proposta de inovação para o mercado. “Vamos seguir oferecendo as melhores e completas soluções para a compra e venda de veículos. Queremos entregar uma experiência cada vez mais dinâmica para os nossos clientes e parceiros”. Daniel Romero acredita que esse é o caminho para expandir os negócios e anuncia para o segundo semestre uma plataforma online de venda no varejo de veículos, criada na pandemia.

Para quem observa de longe a trajetória de Daniel Nunes Romero, pode parecer que o foco do empresário sempre esteve ligado ao segmento de leilões e revendas do segmento automotivo. Mas nem sempre foi assim. No meio desse caminho Daniel incursionou por mercados tão diversos como o de carnes, através de uma churrascaria que abriu em Orlando, na Flórida; ou da música e entretenimento, quando criou uma empresa de produção de conteúdos artísticos, em parceria com a EMI. Também incursionou pelo atrativo mundo das cafeterias, através de uma franquia na capital paulista. Foram experiências diversas, mas que o empresário optou por deixar para trás e manter o foco no que entendia melhor, o ecossistema automotivo.

No meio dessa trajetória, vendeu o controle de seus negócios ao grupo Cox Automotive, uma das maiores empresas do mundo, com sede em Atlanta, nos Estados Unidos, dona de um faturamento anual superior aos R$ 35 bilhões. Por dois anos, foi Ceo da Manheim, a maior empresa de leilões do mundo pertencente ao Grupo Cox Automotive. Em 2018, comprou novamente a participação majoritária e retomou as rédeas da empresa, dando início a criação das startups focadas em processos específicos do negócio.

Aos 45 anos, Daniel Nunes Romero tornou-se uma referência no mercado de carros usados, palestrante e professor em cursos sobre empreendedorismo do setor automotivo e executivo convidado pelas maiores empresas mundiais do segmento. Segundo ele, para os próximos anos a estratégia de mercado do Grupo DNR será consolidar-se como principal fornecedor de serviços na chamada esteira de negociação de veículos, que conecta compradores e vendedores, além de ampliar o investimento em inovação. “Já somos muito conhecidos no segmento automotivo e temos espaço para crescer. Além disso, apostamos na expansão de nosso hub de inovação para dar suporte ao lançamento de novas startups e fintechs”, destaca.

Além da consolidação das empresas, Daniel não descarta a fusão com um grande grupo do segmento, que garantiria a consolidação do mercado em um momento de readequação mundial e o lançamento de novas startups. “Vamos criar novas empresas, digitais e disruptivas e nos tornarmos mais fortes com novas aquisições e fusões”, completa.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.