Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Atividade econômica acumula expansão de 1,0% no ano, revela Serasa

redacao 26/11/2012
redacao 26/11/2012

O Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica apresentou crescimento de 0,2% em setembro/12 na comparação com o mês imediatamente anterior (agosto/12), já descontadas as influências sazonais. Com isto, o crescimento da atividade econômica brasileira acumulou expansão de 1,0% nos três primeiros trimestres de 2012 em comparação com o mesmo período do ano passado. Com relação ao terceiro trimestre de 2012, a alta da atividade econômica verificada frente ao segundo trimestre foi também de 1,0%, já descontados os fatores sazonais.

Segundo os economistas da Serasa Experian, o terceiro trimestre representou um momento de reativação da atividade econômica após um período de baixo dinamismo verificado desde o início do segundo semestre do ano passado. Reduções sistemáticas das taxas de juros, incentivos fiscais em setores específicos (veículos, linha branca, etc.), estabilização da inadimplência e mercado de trabalho aquecido têm ajudado a impulsionar a economia a partir do segundo semestre deste ano.

Do ponto de vista da oferta agregada, o setor de serviços, acumulando crescimento de 2,0% nos primeiros nove meses de 2012, surge como o principal motor da atividade econômica em 2012. Por outro lado, o crescimento da atividade econômica não tem sido mais intenso devido aos recuos de 1,9% e de 0,8% verificados tanto na atividade agropecuária quanto no setor industrial, respectivamente.

Pelo lado da demanda agregada, o consumo do governo, com crescimento acumulado de 4,1% no ano até setembro e o consumo das famílias, com alta de 3,2% para este mesmo período, têm tido importante papel na sustentação da atividade econômica em 2012. Já os investimentos (formação bruta de capital fixo) estão apresentando fraco desempenho em 2012, acumulando retração de 4,4% nos nove primeiros meses deste ano, sendo o principal fator a pesar negativamente sobre o desempenho da atividade econômica neste ano.

Por fim, as variáveis relativas ao setor externo (exportações e importações de bens e serviços) oscilaram próximo à estabilidade no acumulado do ano até setembro, com variações de -0,5% para as exportações e de +0,5% nas importações.

Metodologia do Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica (PIB Mensal)

Na construção do Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica (PIB Mensal) utilizam-se técnicas estatísticas de desagregação temporal com indicadores (Chow-Lin, Fernandez, Litterman e Santos Silva-Cardoso). Cada subcomponente do PIB Trimestral, sem ajuste sazonal, oriundo do Sistema de Contas Nacionais Trimestrais do IBGE, foi desagregado, por cada uma das técnicas supramencionadas, utilizando-se séries de alta freqüência (mensais) altamente correlacionadas com a série a ser desagregada. Considerou-se como estimativa final de cada série mensal associada a cada um dos subcomponentes do PIB Trimestral a média aritmética simples dos valores mensais obtidos por cada uma das técnicas distintas de desagregação temporal.

As séries mensais finais dos subcomponentes foram utilizadas como indicadores para a obtenção das séries dos níveis hierárquicos imediatamente superiores, sempre considerando como estimativas finais, em cada etapa, as médias aritméticas dos valores obtidos pelas quatro técnicas de desagregação temporal. Tal procedimento foi conduzido até chegar-se à última desagregação temporal, ou seja, do PIB Trimestral Consolidado, sendo que, para tanto, consideramos como indicadores mensais as séries desagregadas dos componentes da oferta agregada.

Para a obtenção das estimativas mensais das séries do PIB Trimestral com ajuste sazonal, cada componente mensal desagregado nos procedimentos anteriores (sem ajuste sazonal) foram ajustados sazonalmente utilizando-se TRAMO/SEATS constituindo-se, assim, os indicadores mensais a serem utilizados nas técnicas de desagregação temporal das séries, com ajuste sazonal, do PIB Trimestral.

Você também lê esta notícia em
http://www.serasaexperian.com.br/release/noticias/noticia_arquivo_2012.htm

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.