Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Catálogos virtuais ajudam consumidores a decidir compras na internet

Nessas plataformas, o cliente pode pesquisar o que deseja, avaliar melhor o produto e serviços oferecidos pela empresa e decidir a compra com rapidez e segurança.

Redação 23/02/2017
Redação 23/02/2017

Fato: o brasileiro está conectado à internet. Segundo dados do IBGE, divulgados em 2014, 95,4 milhões de brasileiros estão conectados à web, o número indica que mais da metade dos domicílios (54,9%, ou seja, 36,8 milhões de casas) passou a ter acesso à rede mundial de computadores.

Esses números revelam também que o comportamento online dos brasileiros está mudando e que, cada vez mais, utilizam a internet como uma vitrine virtual, uma ferramenta para pesquisar, avaliar produtos e decidir o que comprar. Segundo uma pesquisa do Ebit com 7.809 consumidores, 37% dos usuários buscam apenas informações na internet antes de decidir uma compra.

Pensando nesse público potencial, agências de marketing digital apostam nessa tendência de comportamento e desenvolvem catálogos eletrônicos virtuais para empresas. Um exemplo é a Agenzzia Comunicações, de Campinas (SP), que desenvolve sites de catálogos virtuais de alta performance para empreendedores.

Com uma plataforma própria – o Dinamic Site -, a agência cria sites que mostram os produtos e serviços oferecidos pelas empresas, trazem visibilidade para a marca e atraem clientes interessados em conhecer melhor o que a companhia tem a oferecer. Esses sites também possuem diversas integrações com os principais sites de buscas, o que facilita a busca do consumidor pelo produto.

“Nós desenvolvemos um conceito novo de trabalho que envolve uma parte técnica diferenciada, marketing de conteúdo, layout baseado em semiótica, SEO e otimização de performance. Os nossos sites ultrapassam 90% no índice de “pagespeed”do Google”, revela o diretor comercial da Agenzzia, Valentim Bueno.

Para o profissional, essas características melhoram a experiência dos usuários nos catálogos eletrônicos virtuais e, com isso, os consumidores podem pesquisar e avaliar melhor os produtos e decidir a compra com mais rapidez e segurança.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.