Curso ensina a montar um negócio digital em poucos dias e oferece módulo gratuito

Aulas online de curta duração da Sem Código ensinam leigos a criar sites e aplicativos

Redação 12/04/2018
Redação 12/04/2018

Os pequenos negócios são responsáveis pela geração de renda de 70% dos brasileiros que atuam no setor privado, segundo levantamento do Sebrae. Entretanto, não são raros os casos de empreendedores que deixam de inovar o próprio negócio por falta de capital para investir na contratação de um programador. Depois de passar por uma situação semelhante, o jovem empresário Fernando Brasão identificou a oportunidade de desenvolver um curso de programação voltado para aqueles que possuem ou desejam iniciar o próprio negócio digital. Assim, nasceu a Sem Código (www.semcodigo.com), que, com metodologia prática e rápida, ensina por meio de aulas online.

“Eu tinha uma plataforma de contratação de profissionais de todo país e, em um determinado momento, o programador com quem trabalhava se desligou e me vi sozinho sem ter ideia de como dar continuidade ao negócio sem ele. Foi quando comecei a estudar e percebi que era possível executar de forma independente”, conta o fundador.

Determinado a empreender e com vocação para lecionar – Brasão sempre deu aulas de matemática em Uberlândia e atualmente concilia isso com a gestão da empresa -, ele uniu suas paixões e lançou a Sem Código, que oferece conhecimento para dar autonomia ao pequeno empresário com o ensino de programação para a nova e a velha geração. Com o objetivo de incentivar quem está começando, a plataforma oferece acesso gratuito ao primeiro módulo, para que o aluno se familiarize com o conteúdo e, para aqueles que quiserem dar continuidade ao aprendizado, o valor é acessível, de 12x de R$ 65 para todo o curso.

O curso é desenvolvido para que qualquer pessoa possa começar do zero e, ao final, consiga desenvolver qualquer sistema que desejar, de um aplicativo complexo como Uber ou Instagram, até um site de e-commerce para vender seus produtos. Brasão ministra de maneira didática e prática: “Trabalho com uma metodologia de vídeos curtos, pois a proposta é que ao final de cada aula o aluno execute o projeto proposto, só assim ele vai realmente absorver o conteúdo”, explica.

Módulos e carga horária

Após pesquisar ferramentas de todo o mundo, o empresário selecionou as melhores para desenvolver o curso, que possui 24 horas de duração e é dividido em três níveis, mais o extra de aplicativos. Há três módulos: o Básico, que apresenta os conceitos fundamentais sobre programação; a principal ferramenta de programação que será utilizada; gerenciamento de banco de dados; sistema de log-in e cadastro de usuários; sites e ferramentas gratuitas para design e chat gratuito para atendimento aos clientes.

O nível Intermediário engloba temas como desenvolvimento de rede social com foco profissional, download de arquivos e sistema de pedidos e pagamentos online. Já o Avançado abrange a comunicação com o consumidor, com a criação de um sistema de troca de mensagens entre os usuários, que inclui envio de textos, imagens e arquivos, além de elaborar um blogue, com a área administrativa para gestão. Por fim, o curso extra de Aplicativos ensina passo a passo como criar um aplicativo e as etapas necessárias para disponibilizá-lo aos usuários.

Formado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Uberlândia e com vivência internacional, após estudar em três universidades no exterior, Brasão acredita que a Sem Código vai estimular o potencial empreendedor do país: “Ninguém tem tanta criatividade e espírito empreendedor como o brasileiro. Só é preciso uma base sólida e conhecimento técnico para criar grandes negócios, principalmente em tecnologia. Viemos com a missão de democratizar o empreendedorismo digital no país”, explica o empresário, que espera impactar 20 mil alunos até o final do ano.

Sobre a Sem Código
Plataforma de curso online que visa democratizar o empreendedorismo digital no país, ensinando linguagem de programação a jovens e empreendedores que desejam iniciar ou transformar o próprio negócio. Ao final do curso os alunos estão aptos a desenvolver qualquer sistema que desejarem de maneira independente.www.semcodigo.com

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.