Franquia de indoor marketing tv é opção de renda extra

Eventt pode ser gerida em regime de home office e em paralelo com outra atividade

Redação 08/07/2015
Redação 08/07/2015

Uma franquia de baixo custo, com retorno do investimento em até quatro meses e possibilidade de começar a empreender sem se desligar do emprego. Esses são alguns dos atrativos da Eventt (www.eventt.com.br), empresa especializada em instalar monitores de propagandas em locais movimentados, como restaurantes, academias, padarias, cafés, etc. Criada em 2010 e franchising desde o final de 2013, a Eventt já alcançou 38 unidades pelo Brasil.

A empresa define sua atividade como Indoor Marketing TV – termo patenteado por eles. São monitores que veiculam campanhas publicitárias de empresas de diversos segmentos, assim como curiosidades e informativos do estabelecimento. Os franqueados recebem o material que já inclui os equipamentos e ficam responsáveis por encontrar os espaços adequados para sua instalação e por prospectar clientes que desejam aparecer na grade de programação.

Cada monitor comporta até 25 peças publicitárias. O conteúdo é desenvolvido pela equipe de designers e redatores da própria franqueadora, a partir de briefings estabelecidos pelos clientes das unidades. João Paulo Venturelli, fundador e diretor da Eventt, criou o negócio para preencher uma demanda por propaganda de custo baixo e amplo alcance. “Colocamos os monitores em lugares com grande fluxo de pessoas. Procuramos desenvolver um sistema operacional reduzido: hoje uma campanha custa R$ 150 para ser veiculada durante um mês em um aparelho”, conta.

O modelo dispensa investimento em infraestrutura e gerenciamento e, no começo, pode ser tocado por apenas uma pessoa. Isto permite que o negócio seja baseado em home office e até encarado, inicialmente, como atividade paralela – hoje, 70% dos franqueados mantém outra ocupação. “A demanda pode ser facilmente administrada em paralelo e o maior desafio do franqueado é a captação de clientes”, explica o diretor, que fundou a Eventt enquanto ainda trabalhava em um emprego formal.

Para ele, a franquia se insere em grandes centros urbanos, mas é ideal para cidades pequenas e médias, de até 200 mil habitantes. “Em geral, esses municípios possuem uma demanda maior por canais de propaganda e o baixo investimento acaba sendo um atrativo”, afirma. “Além disso, os clientes são menores e fazem campanhas mais assertivas”. É o caso de São José dos Campos, sede da Eventt, onde a unidade master tem 21 monitores.

O pacote principal da franquia compreende cinco kits interativos (monitores e acessórios), além de um laptop, um tablet, impressora, todo o material de apoio e cinco dias de treinamento in loco, e custa R$ 39.800. Há taxas fixas do software de gestão (R$ 130), royalties (R$ 580) e desenvolvimento de arte (R$ 270) – esses dois últimos com carências respectivas de três e 12 meses. O rendimento mensal pode superar os R$ 17 mil – em média, gira em torno dos R$ 8 mil. O retorno do investimento varia de quatro a oito meses.

“É um modelo atraente para quem deseja gerar uma renda extra ou empreender sem correr muitos riscos”, comenta Venturelli. A expectativa é chegar a 53 unidades este ano e faturar R$ 2,5 milhões. Para 2016, a Eventt planeja dobrar o faturamento da rede.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.