Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Gráfica cresce ao oferecer impressões a preços acessíveis para PMEs

redacao 27/03/2014
redacao 27/03/2014

A oportunidade de empreender em um grande mercado com deficiências e em desenvolvimento fez Florian Hagenbuch começar a Printi, gráfica on-line que funciona 24 horas e traz um modelo inovador para o mercado brasileiro, oferecendo impressões de alta qualidade a preços acessíveis para as pequenas e médias empresas. Em seis meses, a Printi se consolidou, atendendo mais de dois mil clientes e registrando faturamento de R$ 1,2 milhão.

Hagenbuch – que nasceu na Alemanha, mas foi criado no Brasil – relata que seu pai já trabalhava no ramo e isso facilitou seu contato com esse mercado. “Nos Estados Unidos e Europa, as gráficas on-line funcionam bem, automatizam os serviços e operam 100% na internet”, destaca. Observando o sucesso do segmento no exterior, Hagenbuch, juntamente com seu sócio, Mate Pencz, começaram a Printi, ofertando os serviços para as MPEs com prazo de entrega agressivo. “Disponibilizamos no site mais de seis mil combinações de produtos, entre cartões de visita, flyers, folhetos ou panfletos, folders, além de materiais até tamanho A1. Em três dias, produzimos e garantimos a entrega com uma taxa de reincidência de menos de 1%. Com isso, mudamos o conceito no mercado gráfico brasileiro”, afirma.

Hagenbuch conta que saiu do seu trabalho em uma empresa para começar a Printi em janeiro de 2012. No período de seis meses, entre janeiro e julho, ele trabalhou no aporte de capital e desenvolvimento da plataforma. E, quando a empresa começou a atuar, ele conta que a estratégia foi abordar rapidamente grandes clientes. Com a proposta de uma solução ágil com preço acessível, a Printi conquistou clientes como Netshoes, Groupon e Santa Lola. “Os grandes clientes precisam resolver essas questões de forma rápida, por isso perceberam rapidamente para onde se direcionar com facilidade”, comenta Hagenbuch. Ele acrescenta que o baixo custo, a qualidade de serviços automatizados e a rapidez, com orçamentos instantâneos, integram os diferenciais da Printi. “A economia para as empresas gira em torno de 30 a 40% podendo até chegar a 70%”, enfatiza.

A empresa iniciou suas operações com um aporte de R$ 2,5 milhões feito por alguns grupos de investimento, como o fundo Greenoaks Capital. Investidores anjo também apostaram no negócio inovador, como o fundador do Groupon Brasil, Florian Otto, e o fundador da OLX, Fabrice Grinda. E ainda, Joe Lonsdale (Paypal) e Kai Schoppen (Brandsclub). A Printi tem 20 funcionários e completou um ano agora em agosto. Uma das metas para o futuro é se tornar referência no mercado gráfico brasileiro e expandir portfólio de produtos. “Queremos que as MPEs quando pensarem em impressão, logo lembrarem da Printi”, conclui Hagenbuch. www.printi.com.br

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.