O atendente de fast food que virou dono da própria rede de sorveteria

Redação 04/07/2018
Redação 04/07/2018

Luciano Rodrigo de Souza conta via Eu, Empreendedor como a experiência adquirida numa das maiores redes de fast food do mundo o inspirou a montar o próprio negócio. E como isso contribui para o sucesso de sua ideia.

Desde muito cedo o setor de alimentação esteve presente em minha vida. Durante 17 anos trabalhei no McDonald’s onde aprendi muito a respeito da operação de franquia, padronização, procedimentos, atendimento, gerenciamento, desenvolvimento pessoal entre outros fatores que foram essenciais para o meu aperfeiçoamento profissional.

Eu queria crescer mais, e então pedi demissão do meu serviço para trabalhar numa empresa de sorveteria. Lá desenvolvi o trabalho de consultoria e transformei a marca em uma grande franquia de sorvetes, que após seis anos fui demitido por que um pequeno percentual que eu tinha de participação passou a incomodar os sócios.

Como por muitos anos vivenciei esse setor resolvi então abrir meu próprio negócio. Em 2015, coloquei em prática o projeto de ter uma marca própria, formatada desde seu início para expandir através de franquias. Neste ano também comecei a prestar consultoria a outras marcas de varejo e franchising para compor o orçamento mensal para o sustento da família.

Em 2017 a Shakerama entrou para o franchising oferecendo cinco modelos de negócios para loja física e quiosque, com valor de investimento inicial entre R$99 mil a R$230 mil e prazo de retorno entre 16 a 24 meses. Me dediquei a cursos, treinamento para criar novas fórmulas e testar no dia a dia inúmeras bases, tipos e sabores de sorvetes. Foram mais de 250 horas de aprendizado, com isso, conquistei o título de mestre sorveteiro.

Quando iniciei o projeto da Shakerama pensei que soubesse o suficiente para criar e expandir minha marca. Obviamente sabia do desafio financeiro que iria enfrentar por não ter capital para investimento, mas o que foi mais importante e me levou a desenvolver a franquia foi estudar sorvete, entender de formulações e todos os detalhes que envolvem essa gostosura, o que me possibilitou desenvolver uma formulação de receita exclusiva de sorvete. Oferecemos 30% menos gorduras e açúcares em sua formulação, além de ser um produto ainda mais cremoso do que os sorvetes industrializados.

Hoje a Shakerama conta com três unidades em operação, entre própria e franqueadas. No ano passado a franquia faturou R$ 850 mil e projetamos alcançar este ano R$ 2,5 milhões com a inauguração de cinco novas unidades, totalizando oito franquias em operação.

Participe do Eu, Empreendedor. Clique no link www.empreendedor.com.br/participe e compartilhe sua história.

Veja mais sobre Eu, Empreendedor.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.