Parteiras tradicionais discutem regulamentação da profissão

redacao 10/12/2009
redacao 10/12/2009

Começa hoje (28), em Olinda (PE), a Reunião Internacional e Encontro Estadual de Parteiras Tradicionais 2008. Entre os assuntos que serão debatidos está a tramitação, no Congresso Nacional, do Projeto de Lei 2.145 /2007, da deputada Janete Capiberibe (PSB/AP) para regulamentar a profissão de parteira. O evento vai até sábado (3),.

Segundo a Pesquisa Nacional sobre Demografia e Saúde (PNDS), realizada em 1996, 20% dos partos nas áreas rurais são domiciliares. Nas áreas rurais e Regiões Norte e Nordeste, o índice de partos assistidos por um médico cai para cerca de 55%, aumentando a representatividade de enfermeiras e de parteiras (cerca de 40%). Os dados são do Ministério da Saúde.

O programa Trabalhando com Parteiras Tradicionais vem sendo implementado pelo Ministério da Saúde desde março de 2000, com o objetivo de assegurar a melhoria do parto domiciliar. Parte da estratégia do Ministério da Saúde para a redução da morbimortalidade materna e neonatal, o programa busca sensibilizar gestores e profissionais de saúde para que reconheçam as parteiras como parceiras na atenção à saúde da comunidade e desenvolvam ações para possibilitar a preservação de seus saberes e práticas, bem como  para promover o encontro desses saberes com o conhecimento técnico-científico.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.