Empreendedor - negócio criativos, inovadores e rentáveis

EMP 261 site Última edição Edição 261 December 2016 Assine

Participação feminina cresce no meio cooperativista

redacao 13/03/2013
redacao 13/03/2013

É crescente a participação das mulheres na gestão das cooperativas no País e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) atento a esse movimento tem incentivado cada vez mais a geração de emprego e renda, por meio da inclusão da mulher no cooperativismo rural. Dados da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) mostram que o número de mulheres empregadas no Sistema OCB corresponde a 52% dos 296 mil empregados. A base de dados é de 2011, mas dá uma idéia do potencial desse sistema.

Um programa específico do Mapa, conhecido como Programa Gênero e Cooperativismo (Coopergênero), atua na inclusão feminina no sistema. A coordenação das ações é feita pelo Departamento de Cooperativismo e Associativismo Rural (Denacoop) do ministério. Esta inserção se dá por meio da capacitação das mulheres para atuar na cadeia produtiva e em atividades de sensibilização em todos os estados do País, mais o Distrito Federal. São seminários, palestras e cursos que abordam temas como cidadania, economia e produção – e promovem gestão e organização cooperativista. Também são dados treinamentos, o que permite às mulheres rurais a participação em toda a cadeia produtiva.

O secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo (SDC) do Mapa, Caio Rocha, destacou a importância de estimular a participação feminina na economia. Segundo ele, o ministério vem cumprindo com seu papel de apoio ao fomento do cooperativismo, conforme determinação do ministro Mendes Ribeiro Filho. “O estímulo cada vez maior às mulheres e a sua inclusão no sistema é uma meta a ser perseguida”, afirmou Rocha.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.