Última edição Edição 263 March 2017 Assine

Planejamento estratégico é o principal aliado para evitar a inadimplência das empresas

redacao 23/10/2012
redacao 23/10/2012

Muitas vezes, não adianta desenvolver produtos ou serviços diferenciados aos consumidores. Para evitar problemas financeiros e, consequentemente, a inadimplência corporativa, é preciso estruturar um amplo planejamento estratégico para alavancar as vendas. “O conselho pode parecer simples, mas o empreendedor deve estar preparado para imprevistos, o que, com certeza, irá desequilibrar suas contas e irá gerar dívidas e impactos em toda a cadeia produtiva”, comenta Roberto Grejo Jr., diretor da ABE – Assessoria Brasileira de Empresas, especializada em recuperação de crédito empresarial.

Segundo o especialista, as principais causas para a inadimplência corporativa são: falta de gestão financeira, desorganização dos processos de contabilização das contas, ausência de planejamento estratégico e comercial, excesso de produtos em estoque e a alta carga tributária do país.

“Como tudo na vida, é preciso planejar o que pode ser comprado, consumido e gasto para evitar terminar o mês no vermelho. Com uma empresa funciona da mesma forma, a diferença é que deve existir uma equipe preparada por trás de toda a estrutura, o que contribuirá para evitar esse tipo de falha”, declara.

O executivo acredita que um planejamento completo pode influenciar positivamente na cadeia produtiva de uma empresa, mas que também é comum esse tipo de desequilíbrio nas contas das empresas. “Isso acontece por conta da inadimplência de pessoas físicas. Diretamente, parece que uma coisa não tem nada a ver com a outra, porém quando o comércio não recebe o pagamento de uma conta, por exemplo, certamente este ficará devendo para a indústria. É aqui que começa a cadeia da inadimplência corporativa”, destaca Grejo Jr.

Sobre a ABE:

Empresa 100% nacional com foco no segmento de recuperação de crédito corporativo, a ABE conta com mais de 1.200 clientes ativos e atende companhias de diversos segmentos, como metalurgia, química, farmacêutica, alimentos e bebidas, entre outros. Atuante em todo o país, a matriz da ABE está localizada em São Paulo e possui oito filiais nas cidades de Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Joinville, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e Vitória.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.