Prêmio MPE Brasil abre inscrições até o dia 16 de agosto

Carla Kempinski 09/07/2013
Carla Kempinski 09/07/2013

As inscrições para o Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas -MPE Brasil foram prorrogadas para o dia 16 de agosto. Para participar, os empreendedores devem preencher gratuitamente a ficha cadastral na internet. O objetivo da premiação é promover o aumento da qualidade e produtividade dos negócios, estimulando o aprimoramento da gerência de forma sustentável. Todo participante ganha um diagnóstico sobre sua empresa, além de selos e certificados da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ). Os finalistas da etapa distrital receberão também a visita de um consultor para validar as informações dadas pelos empresários. 

O diagnóstico gratuito visa a analisar as principais áreas da gestão – liderança, estratégias, processos, clientes, pessoas, inovações, sociedade e resultados alcançados. O MPE Brasil é destinado às empresas com receita bruta anual de até R$ 3,6 milhões, com pelo menos um ano fiscal completo e domicílio fiscal no estado de inscrição, além de comprovação de regularidade fiscal e estatutária.

Podem se cadastrar empresas de Agronegócios; Comércio; Indústria; Serviços de Educação; Serviços de Saúde; Serviços de Tecnologia de Informação – desenvolvimento, implantação e gerenciamento de software; Serviços de Turismo – bares, restaurantes, hotéis, pousadas, agências de viagens, transportes turísticos; Serviços – empresas de serviços que não se enquadrem nas categorias de serviços acima.

Em 2011, a escola Educandário de Maria, com unidades nos Riachos Fundo I e II, no Distrito Federal, foi umas das premiadas na etapa distrital. A instituição não chegou a ganhar a final nacional, mas comemora as melhorias. Um dos sócios, Renan de Almeida Júnior, explica que os benefícios não se limitam ao aprimoramento da gestão. “Ganhamos novos alunos, reconhecimento local e publicidade. Fomos convidados para contar nossa história em diversos eventos. Um deles em Punta Del Leste, no Uruguai. Lá, falamos sobre as ações de sustentabilidade e de gestão que implementamos”, complementa.

As vantagens em participar do prêmio despertaram o interesse de empreendedores de diversos ramos. Foi o caso de Janilson Pinheiro de Carvalho. Há 15 anos, ele montou seu negócio em Taguatinga Norte: a confecção Pinte e Borde. “Acredito que pode ser uma chance de alavancar o negócio. O mercado está diferente e existem hoje novas maneiras de tratar o cliente e o funcionário. O Sebrae tem muito a oferecer nesse quesito”, assinala.

Em 2010, 72 mil pessoas procuraram o Sebrae no Distrito Federal em busca de uma chance de crescer ou abrir uma empresa. Dois anos depois, o número subiu para 176 mil pessoas. Para o superintendente Antônio Valdir Oliveira, o MPE Brasil é uma disputa especial, pois mostra a qualidade das empresas locais. Ele ressalta que o Distrito Federal é uma região promissora para abrir negócios. “Em 2010, recebemos 15 mil pessoas nas nossas salas de aula. Em 2012, foram 45 mil. Aumentamos nossas horas de consultoria em 136% de 2010 para 2012, sendo que 83% delas tinham foco em inovação”. 

Informações Agência Sebrae

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.