Última edição Edição 262 January 2017 Assine

Redes surgidas na década de 90 são novo alvo para aquisições

redacao 27/09/2011
redacao 27/09/2011

Empresas de varejo com menos de 20 anos de atuação podem ser a bola da vez para futuras aquisições por parte das grandes redes. Elas ganharam espaço em um momento de consolidação da economia brasileira, com o surgimento do plano real e o fim do fantasma da hiperinflação. Segundo informações do jornal Valor Econômico, algumas dessas redes, em geral comandadas pela primeira geração, garantem não ter qualquer interesse em se desfazer do negócio. Outras, porém, aceitariam negociar.

Criada em 1993 e atualmente com 78 lojas no Ceará, as Lojas Rabelo, especializada em eletrodomésticos e móveis, deve fechar o ano com 27% de crescimento. O comando da empresa teria sido sondado no ano passado pelo Magazine Luiza. No entanto, os proprietários não se interessam por vender o negócio neste momento.

No setor de autosserviço, uma empresa de destaque dentro desse perfil é o Ricoy. A rede surgiu em 94 e hoje conta com 74 supermercados em São Paulo, focados, sobretudo, no atendimento à classe C. Há cerca de dois anos, a empresa foi sondada pelo Grupo Pão de Açúcar, mas na época se recusou a negociar.

 

 

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.