Ronei Feltes

Com uma carreira de empreendimentos, Ronei Feltes aprendeu a encarar desafios com firmeza e, hoje, mantém o foco no crescimento

Por Keila Marques 04/12/2013
Por Keila Marques 04/12/2013

De representante comercial ele passou a sócio-proprietário da loja em que trabalhava, em Novo Hamburgo (RS), vendendo peças de couro para calçados, a convite de seu então chefe. Um salto em uma trajetória que, naturalmente, é esperada quando se almeja uma carreira ascendente em uma empresa. Com mais responsabilidades e também acesso aos processos e funcionários da loja, Ronei Feltes, nascido em Dois Irmãos (RS), em 1963, desenvolveu habilidades para identificar tendências de mercado e antever o potencial da atividade industrial em meio à diversidade da economia da Serra Gaúcha.

Anos depois, abrir mais um negócio, em outro segmento, tornou-se parte dos planos de Feltes, que na metalurgia visualizou o mercado promissor. E a oportunidade surgiu em um segundo convite para assumir uma sociedade, mas, desta vez, com um cliente, e a gestão era de uma metalúrgica, nos idos de 1991. Foi fundada, então, a metalúrgica Metais Reuter. O nome é referência à cidade escolhida como sede, chamada Morro Reuter, a 59 quilômetros de Porto Alegre. “Começa mos a vender peças de metal para calçados com a colaboração de seis funcionários. Cinco anos depois, formávamos uma equipe de 26 pessoas e o crescimento foi acontecendo assim, aos poucos e progressivamente”, relembra Feltes.

Hoje, 22 anos depois, a empresa conta com aproximadamente 300 funcionários, oriundos principalmente de Morro Reuter. “Uma de nossas prioridades é oferecer oportunidades para novos talentos dentro da empresa e crescermos juntos”, afirma o empresário, com legitimidade de quem, no passado, teve oportunidades e soube aproveitá-las. “Muito trabalho, responsabilidade e espírito de grupo de todos os colaboradores, só assim é possível ter unidade dentro da empresa”, observa Feltes.

Reconhecer a importância do trabalho em equipe, quem sabe, tenha sido uma das lições básicas apreendidas no curso de Educação Física que Feltes chegou a concluir e, inclusive, atuar profissionalmente. “Trabalhei pouquíssimo tempo nesta área, e quando recebi o convite para ser sócio da loja achei muito legal. Procurei ser determinado, correto e tentar não fazer para o outro o que não gostaria que fizessem para mim.”

Atualmente, a Metais Reuter atende fabricantes de calçados, bolsas, acessórios em couro, confecção para o setor têxtil e de móveis, e projeta para o fim do ano o aumento do faturamento em até 40%. As estratégias são de ampliar o quadro de representantes, sobretudo em grandes centros como São Paulo, onde, em fevereiro último, foi inaugurado um escritório da empresa. Segundo Feltes, mais proximidade do cliente e maior visibilidade da marca vão contribuir para o fechamento de novos negócios e, ainda, proporcionar atendimento personalizado e mais ágil para clientes da região. “O grande negócio é estar sempre presente e disponível para atender a necessidade do cliente”, reforça Feltes. “Nosso objetivo é ampliar cada vez mais a atuação, até abranger todos os estados do Brasil, com representantes e distribuidores.”

Essa ampliação envolve ainda projetos de exportação de produtos top de linha, com foco em países da Europa e da Ásia. São planos para o próximo ano, conta Feltes, que, ao comentar os objetivos para o futuro, traça metas conscientes de que o caminho é feito a passos vagarosos, porém constantes e direcionados. “O Brasil é vasto, o aumento do consumo é crescente, então temos de seguir em frente, ultrapassar limites.”

O foco no aumento do faturamento acarretou, também, na recente aplicação de capital em novas injetoras. “Acreditamos que, para garantir qualidade e eficiência do produto, o investimento em novas e melhores tecnologias deve ser uma constante.”

A produção de peças exclusivas está entre as estratégias da Reuters para conquistar a preferência de clientes. “Temos flexibilidade para adequar peças às necessidades do cliente como, por exemplo, produzir uma peça exclusiva ou personalizada e, ainda, fazer uma entrega em tempo predeterminado”, explica Feltes. A linha de produtos da empresa, disponível em diferentes banhos e pinturas, é formada por peças injetadas em zamac, arame, de estampa em latão ou ferro, armação para bolsas, botões, rebites e ilhoses, além de peças com strass e resinas.