Carta ao Leitor: Empreendedor da resistência

Acari Amorim 25/03/2020
Acari Amorim 25/03/2020

O Brasil é um dos países mais empreendedores do mundo. Nada menos de 70 milhões de brasileiros são hoje empreendedores, registrados nas juntas comerciais de todo o país, sem contar com os informais. Entre os jovens, nas salas de aulas das universidades, 70 por cento deles querem empreender por conta própria. O Brasil é hoje um dos maiores celeiros do mundo no nascimento de startups, na maioria empresas de tecnologia e inovadoras.

Com base no comportamento dos últimos anos, o Mapa do Empreendedor, alimentado com dados e informações da LifesHub, empresa parceira de big data e inteligência empresarial, estima o nascimento de, no mínimo, 1 milhão de novas empresas a cada ano, nos próximos três anos.

No entanto, o ambiente para o empreendedor no Brasil sempre foi muito difícil, chega a ser mesmo hostil. Falta de crédito, juros abusivos, burocracia, impostos e taxas por todos os lados, custos do país (portos, rodovias, transportes, entre outros).

Agora surge um novo e grande obstáculo para colocar em prova a força e a resistência do empreendedor brasileiro: o Coronavírus. De proporção mundial, que afeta cada pessoa, o consumo em geral e a produção de todos os bens. Estamos sim numa nova guerra mundial.

Mas o empreendedor brasileiro já passou também por duas guerras mundiais. Mais recentemente, no início dos anos 1990, no governo Collor, conseguiu manter de pé a economia mesmo com cada brasileiro tendo apenas 50 reais no bolso. Na última grande crise financeira mundial, de 2008, o empreendedor brasileiro soube se adequar e encontrar soluções para manter empresas abertas, em funcionamento, garantindo empregos.

 

Nesse momento, da gravíssima crise do Coronavírus, ainda na fase inicial no Brasil, as pessoas, a informação, o bom senso e o entendimento são essenciais, muito além das planilhas de custos. A Empreendedor (portal, revista impressa/digital, o Mapa do Empreendedor e a TV Empreendedor), que completou 25 anos e também passou por diferentes crises, quer estar ao lado do empreendedor brasileiro. Toda a equipe de jornalistas e consultores especializados em economia, gestão e saúde vão estar a postos para levar as informações relevantes e úteis para os empreendedores.

Agora, a sociedade como um todo – as instituições privadas, os governos, os empreendedores – acima de partidos e diferenças ideológicas, precisam encontrar um caminho único para preservar vidas (isolamento social e higiene redobrada, ativar a economia, manter e gerar novos empregos, mais renda e bem-estar econômico e social. Vamos estar juntos. O Brasil será mais forte, mais empreendedor!

*Acari Amorim é Diretor e Editor da Empreendedor.