Startup apresenta ao comprador de lote uma diversidade de projetos de arquitetura

Redação 11/09/2019
Redação 11/09/2019

O mercado de loteamentos é um dos que mais cresce no Brasil, apenas no Estado de São Paulo são licenciados aproximadamente 150.000 lotes por ano. Segundo estudo da Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil (ADIT Brasil), os lotes residenciais aparecem na liderança dos interessados em investir nesse setor, representando 80% do total.

Para trazer mais inovação ao setor, os empreendedores Maurício Carrer, Denis Cossia, Alexandre Hepner e Odilon Castriota criaram a InstaCasa, uma construtech que permite que potenciais compradores visualizem uma grande variedade de projetos de arquitetura para implantação em cada lote no lançamento do empreendimento. Desde 2017, a startup já ajudou mais de 15 loteadoras na fase de vendas, facilitando a tomada de decisão ao tangibilizar o sonho do potencial cliente, se estabelecendo como o “decorado” dos loteamentos.

Segundo Maurício Carrer, CEO da InstaCasa, a ideia é reduzir as incertezas quanto ao que pode ser construído, aumentando a percepção de valor no momento da compra, com um projeto que satisfaça as necessidades do comprador. “É possível aplicar filtros na busca pelo projeto ideal como, por exemplo, o número de dormitórios, área construída e até estilo. Já chegamos a desenvolver mais de 500 modelos diferentes para um único empreendimento. A ideia é que, independente da necessidade do comprador, ele ache o projeto ideal em nossa plataforma”, conta Maurício.

O principal objetivo é apresentar ao potencial comprador a sua casa dos sonhos. Desta forma, usando diversas tecnologias como realidade aumentada, a tomada de decisão no momento da compra é mais assertiva. “Nós conseguimos eliminar a percepção de que um lote é ruim em função de altas declividades, por exemplo, já que existem boas soluções arquitetônicas para qualquer tipo de lote”, explica o empreendedor, que também é arquiteto, formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, com pós-graduação em Administração de Empresas pela FGV e MBA em finanças pela FIA-USP.

Investimentos

A primeira rodada de investimentos da InstaCasa acaba de ser fechada em R$700 mil e foi liderada pelo Gávea Angels, tradicional grupo de investidores anjos do Brasil , e pela Construtech Angels, primeira rede de investidores anjo do Brasil focada no segmento de construtechs, que teve sua origem dentro da Softplan/SIENGE, um dos softwares de gestão mais utilizados por loteadoras e incorporadoras do Brasil, que também participou do aporte. “Fizemos o aporte na InstaCasa, pois a empresa traz tecnologia para um setor muito importante, mas ainda carente em inovação”, diz André Petroucic, do Gávea Angels. “A visão dos empreendedores e o impacto social também foram determinantes para o nosso investimento”, complementa Petroucic.

O investimento da Construtech Angels na startup é o primeiro de sua nova tese de investimento em negócios já validados e entrando em fase de tração. “O investimento será empregado principalmente no aprimoramento de nossa tecnologia e na oferta de novos serviços. Queremos facilitar o acesso do comprador ao financiamento de sua obra, onde já temos alguns pilotos em andamento e assessoria nas demais etapas do processo, como na aprovação municipal”, explica Maurício.

Até o final de 2019 a InstaCasa estará presente em mais de 35 empreendimentos espalhados por cinco estados do país, e espera dobrar este número até o final de 2020. “O setor de loteamentos é bastante tradicional e pulverizado, não existem muitas iniciativas de inovação voltadas a este mercado. Por isso, queremos levar mais tecnologia e dinamizar os processos de venda e ocupação dos empreendimentos”, destaca o executivo, que atua há mais de 10 anos no mercado imobiliário, acumulando passagens por algumas das principais empresas do setor de incorporação e desenvolvimento urbano do Brasil.

Sobre a InstaCasa

Lançada em 2017, a InstaCasa se posiciona como o “decorado” do lote, permitindo que um potencial comprador visualize diversas opções de projetos de arquitetura que podem ser implantados em cada lote do empreendimento, em função de suas características físicas e legais.

Após a entrega do lote, a startup ainda auxilia nas etapas de aprovação e financiamento da obra. Em 2019 a startup recebeu uma rodada de investimentos de R$700 mil liderada por Gávea Angels e Construtech Angels, primeira iniciativa do mundo com foco em mercado imobiliário.

https://www.instacasa.com.br/