Black Friday tem 97% de adesão no e-commerce brasileiro em 2021

Pesquisa sob encomenda do PayPal Brasil, mostra que promoções da Black Friday viralizaram há dois meses e que desconto médio superou 2020

Pesquisa feita pela BigDataCorp, sob encomenda do PayPal Brasil, mostra que promoções viralizaram há mais de dois meses e que o desconto médio superou o do ano passado. / Foto: Unsplash

 

Na esteira da crise da Covid-19, o varejo online brasileiro apostou (assim como no ano passado) na antecipação das liquidações de Black Friday – a sexta-feira que sucede o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos. O crescimento do comércio online levou a mais uma Black Friday de adesão sem precedentes no País, mostra pesquisa feita pela BigDataCorp sob encomenda do PayPal Brasil. 

O estudo mostrou que as ofertas viralizaram há mais de dois meses no Brasil, quando  60,49% das lojas online já anunciavam promoções. À meia-noite, ao final desta quinta-feira, dia 25, a adesão das lojas virtuais às ofertas de Black Friday chegou a 97,72% nos mais de 1,6 milhão de e-commerces do País.

“Observamos uma continuação da tendência de antecipação das promoções e anúncios relacionados com Black Friday, como uma tentativa de atrair mais consumidores para as lojas online. Também vimos percentuais de desconto mais elevados esse ano, talvez em uma tentativa de compensar parte do aumento de preços e redução de consumo causado pela inflação”, comenta Thoran Rodrigues, CEO e fundador da BigDataCorp.

Ao lado do Dia das Mães e do Natal, é a data mais expressiva do comércio eletrônico, segundo a Webshoppers. Para mapear esse fenômeno do varejo online, o estudo acompanha as ofertas de Black Friday na web desde 2015, sendo esta a sétima edição do levantamento. Os descontos médios de 2021 superaram os do ano passado (51,36%), batendo em 57,38%, o que pode caracterizar uma reação do comércio ao cenário econômico ainda desafiador. 

“O que assistimos este ano foi uma grande antecipação dos descontos, que chegou a quase 50% duas semanas antes da data. Isso demonstra a preocupação do lojista em garantir vendas durante todo o mês de novembro, com a capacidade de entrega desses produtos vendidos até a Black Friday propriamente dita”, conclui Felipe Facchini, Head Geral de Negócios do PayPal Brasil.

NOVIDADES: 

  • Na sexta-feira (26), entre os grandes e-commerces, com mais de 500 mil acessos por mês, o desconto médio foi de 64,71%. Entre os demais e-commerces, chegou a 56,92%.
  • Nas oito semanas anteriores à Black Friday, os descontos deste ano chegavam, em média, a 10,56%. Já duas semanas antes da data, os descontos avançaram progressivamente para 49,11% este ano (contra 45,35% em 2020 e 10,58% em 2019).
  • No Top 5 categorias em que a pesquisa BigDataCorp encontrou os maiores descontos, a medalha de ouro vai para livros, músicas e filmes (principalmente digitais) (70,26%), seguidos por eletrônicos (62,93%), brinquedos (51,83%), cosméticos e produtos de beleza (50,02%) e roupas, sapatos e acessórios (48,22%).
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Você também vai gostar de: