Como manter times remotos motivados

Rodolfo Carvalho 04/04/2020
Rodolfo Carvalho 04/04/2020

Infelizmente, temos passado por dias sombrios e não sabemos muito bem o que vai acontecer nos próximos meses. O Estado mais economicamente ativo do país, São Paulo, entrou em quarentena de 15 dias (no mínimo) com o intuito de ajudar na não disseminação de um dos vírus mais fortes que surgiram nos últimos anos em todo o mundo.

Mas, independente do momento atual, o que sinto (e vejo) é que não podemos parar! A roda da vida, da economia e dos negócios tem que girar, até mesmo para nos reerguermos quando tudo isso passar. É por isso que a maior parte das empresas tem mantido seus serviços sendo entregues por meio do chamado sistema ‘home office, ou seja, os times trabalhando de casa.

Meu ponto com esse artigo é o desafio que se apresenta para os gestores de recursos humanos: como manter os times motivados mesmo à distância? Como conseguir alta produtividade nesse novo modelo de gestão? A resposta pode ser até simples, diante do grande desafio que esses profissionais enfrentarão nos próximos meses. Vamos entender alguns pontos:

Liderança: é nesse momento que uma liderança forte faz a diferença. É por meio dos exemplos do líder e de sua motivação que o time se empenhará em entregar resultados (ou não), independente se estão em uma sala física ou virtual. Portanto, o gestor deve mostrar quais ações são prioritárias e imprimir seu ritmo de trabalho ao restante das equipes;

Sentimento de pertencimento: esse fator já é importante dentro das empresas e quando o trabalho se torna remoto, ele se torna vital para uma alta produtividade. Portanto, deixe sempre claro qual é o propósito do seu negócio, seja transparente em cada ação proposta ao time e, claro, faça com que cada um entenda seu papel e importância para que a empresa se mantenha dentro de um espectro de sucesso em seu respectivo mercado;

Clareza e orientação: quando as atividades propostas são realizadas à distância, clareza e orientações objetivas são o que fazem a diferença. De nada adianta mandar 10 mensagens no whatsapp do seu colaborador, de maneira desordenada e sem conexão. Nesses casos prefira o bom e velho e-mail e o escreva da forma mais assertiva possível. Assim evitam-se erros bobos e o colaborador entende exatamente o que se espera dele;

Entenda as peculiaridades de cada um: quando falamos de trabalho remoto é importante entender que lidamos com pessoas e não com robôs. Portanto, não tente impor regras muito rígidas para um time, afinal, ele é composto por indivíduos que têm suas peculiaridades, não é mesmo?! Seja claro sobre resultados e entregas, mas deixe o time livre para produzir da forma que for melhor para cada um;

Por fim, como disse acima, são novos tempos e temos que nos adaptar. Sei que tudo isso passará e ficará uma grande lição para todos nós: o quanto devemos cuidar e confiar nas pessoas que trabalham conosco lado a lado. Você se surpreenderá com os retornos.

*Rodolfo Carvalho é CEO da Incentivar.io, primeiro software de incentivo do Brasil.

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.