Mídia Digital de alto impacto

Em locais ao ar livre e vias públicas, as mensagens da INFOTV prendem a atenção de públicos específicos

Marlon Assef 21/01/2019
Marlon Assef 21/01/2019

A mídia digital fora de casa, também conhecida pela sigla OOH (Out Of Home), tem uma nova estrela em ascensão, a catarinense INFOTV, que cresceu quatro vezes em faturamento nos últimos dois anos e prepara-se para voos ainda mais altos em 2019. A empresa, criada em 2002 por Eder de Oliveira e André de Oliveira, obteve um desempenho acima da média nos últimos anos ao investir em três verticais de negócios: terminais de transporte urbanos, prédios empresariais e operação em shopping. Embora o sobrenome dos fundadores que não possuem parentesco tenha revelado uma incrível coincidência, nada mais foi obra do acaso na história da empresa, mas de muito esforço e planejamento.

“Nosso início foi de empresa incubada na Acate (Associação Catarinense de Tecnologia). Ficamos lá por quatro anos, o que nos proporcionou as bases para uma visão mais empreendedora, com assessoria jurídica, de RH e um engajamento mais profissional do negócio”, conta André de Oliveira. Desde muito jovem, o diretor da INFOTV já havia testado suas habilidades de empreendedor, ao criar uma gráfica expressa no centro da capital catarinense e buscar conhecimentos na área comercial com atuação em grandes empresas, como a atual NSC.

Valendo-se da vitrine e do aporte que a Acate gera para as empresas incubadas, a INFOTV deu os primeiros passos no seu business criando um canal de mídia indoor – como era conhecida então a mídia OOH – nos terminais de ônibus de Florianópolis, que foi pioneiro no país. Hoje, esse meio atinge 700 mil pessoas só em Santa Catarina, através dos displays instalados nos terminais urbanos de Florianópolis, Palhoça e Joinville, com um target focado na classe C.

No ano passado, a empresa trocou todos os monitores usados no terminal urbano de Florianópolis por similares de última geração, um investimento que fez jus ao DNA de alta tecnologia que vem desde os primeiros dias na Acate. Graças às parcerias que a empresa estabeleceu em todo o país, o número de pessoas atingidas pela INFOTV em terminais de transporte coletivo, shopping centers, aeroportos e espaços de empresas atingem diariamente 3,3 milhões de pessoas.

Após o sucesso da atuação nos terminais, através da oferta de material informativo nas telas, a empresa passou a focar o crescimento em conteúdo empresarial, com informações relevantes nos elevadores de prédios comerciais, mais focado nas classes A e B.  De acordo com André de Oliveira, o circuito empresarial abriu as portas para a sensibilização dos grandes anunciantes, que perceberam o potencial da mídia. “Quando anunciávamos para grandes clientes em terminais de ônibus, o target deles estava ali, mas eles não visualizavam isso diretamente porque não frequentavam o terminal. Já no circuito empresarial, essa dificuldade desapareceu, pois tratava-se de um local onde esse perfil de público frequentava”, relembra.

De lá para cá, a empresa já conta com 40 locais exclusivos no segmento, um sucesso que se estendeu para a operação em shoppings, que em apenas um ano conseguiu a proeza de completar a grade de anunciantes e ainda manter uma fila de espera. O primeiro shopping do Brasil a ter um canal OOH foi o Beiramar Shopping, de Florianópolis, em 2006.

Segundo André de Oliveira, a história da rápida ascensão das telas em locais públicos como uma mídia que se confirmou na atualidade, tem a ver com o estilo de vida da sociedade, onde as pessoas passam cada vez mais tempo fora de casa. “A mídia OOH pode ser considerada a quinta tela a se consolidar, depois da tela de cinema, da TV aberta, do computador e do smartphone”, ensina. Os números do mercado avalizam a análise do diretor da INFOTV.

De acordo com um levantamento da Kantar Ibope Media, no primeiro semestre de 2018, a compra de espaços publicitários cresceu 13% e os investimentos em OOH aumentaram nada menos que 27% no mesmo período. Entre as categorias que priorizaram esse meio destacam-se as lojas de departamento, com um crescimento de 163% e as empresas de serviços de saúde e de eventos sociais e culturais, que aumentaram os aportes em 28%, cada. Em um universo de 75 grandes agências de publicidade do país monitoradas pelo Cenp-Meios em 2017, pelo menos R$ 16,6 bilhões foram investidos em compra de mídia, sendo a TV aberta ainda a maior detentora de aportes (58,3%), seguida pela Internet (14,6%).

Conforme André de Oliveira, o sucesso da empresa pode ser creditado a alguns fatores determinantes. Um deles é o interesse contínuo pelas reais necessidades do cliente. Graças a isso, a INFOTV ostenta hoje a publicidade de grandes marcas regionais e nacionais como Beto Carrero World, O Boticário, Tim, Vivo, Claro, Mercedes, Azul, Faial Prime Suítes,  Beira Rio, Casas da Água, Cassol, Trimania, Pittol Calçados, Carioca Calçados, Sicoob, Eletrosul, Moleca, Supermercados Imperatriz, Fort Atacadista, Unisul, Univali, CAOA Hyundai, Globo Veículos, além de uma relação transparente com o poder público. “Fazemos regularmente um check in fotográfico para todos os anunciantes e enviamos um relatório de inserções. O empresário não precisa frequentar os locais de veiculação de publicidade ou conteúdo para verificar a efetividade de nosso trabalho.

O resultado é que empresas que começam com um teste de três meses rapidamente costumam renovar por mais um ano”, avalia. O desempenho acima da média faria com que um cliente famoso se tornasse com o tempo um grande investidor, o que acabou conferindo um novo impulso à empresa.

O empresário Topázio Silveira Neto, comandante da Flex, expoente do segmento de gestão de relacionamentos do país, começou como cliente e logo percebeu o potencial que residia na INFOTV, que em pouco tempo se tornaria seu segundo meio de captação de mão de obra. A partir de 2010, tornou-se sócio e reposicionou a empresa no mercado, tudo graças ao potencial demonstrado pelas iniciativas de André e seus pares, Fábio Botelho, Maurício Gattermann Perin, Eder de Oliveira, e a partir do excelente retorno obtido de seu investimento inicial.

Com o crescimento acelerado dos últimos anos, também se abriram novas perspectivas para a INFOTV. A inserção de anúncios dentro de um contexto de mídia programática, ou seja, segmentada por target, com plataformas e tempos específicos, é uma realidade cada vez mais próxima. A empresa também está encerrando 2018 com uma série de alianças comerciais entre os principais players do segmento no país, o que confere uma participação em mercados de 12 estados e uma projeção nacional que permitirá o atendimento direto a grandes marcas de todo o país. Além disso, o ano que chega anuncia um novo momento para a INFOTV, que irá expandir os negócios dentro uma nova vertical, a área corporativa, para atender às empresas nas diferentes regiões brasileiras. Hoje essa atuação já se faz presente em todo o estado de Goiás e Santa Catarina.

“Também estamos elaborando um plano de expansão através de uma rede de franquias, especialmente voltado a cidades onde a mídia OOH tem pouca penetração e as grandes marcas têm mais dificuldade para chegar”, adianta Oliveira. Segundo ele, os próximos meses serão importantes para a empresa começar a efetivar uma série de novas propostas, como um plano de mídia para espaços públicos, focado em serviços e informação de qualidade, especialmente dedicados a pontos turísticos. “Estamos pensando em criar um circuito premium, com totens de dois metros de altura e de alta performance, em pontos estratégicos de cidades. Isso gera uma experiência diferente para os cidadãos, sem poluir, e ao mesmo tempo agrega serviços e gera conhecimento com utilidade pública”, completa o diretor da INFOTV.