Não pude ser Top Model, agora sou Top Loba

Angélica Mancio Barros 06/06/2019
Angélica Mancio Barros 06/06/2019

Na adolescência meu sonho era ser modelo, cheguei a fazer um book com uma agência impostora que só levou meu dinheiro, minhas fotos ficaram horríveis. Isso me desanimou e me fez desistir desse sonho…

Com 22 anos me casei e tive dois meninos, gêmeos. Com 39, estava divorciada, desempregada, triste e amedrontada com a chegada dos 40 anos.

Um dos meus filhos, aos 15 anos, me vendo naquela situação, me indagou: “Mãe, você fala que nós podemos ser o que quisermos e que nunca devemos desistir dos nossos sonhos. Então por que você desistiu dos seus?”

Naquele momento decidi fazer dos meus conflitos internos, um projeto de empoderamento feminino para mulheres maduras e criei o Top Loba!

Com isso, fui convidada ao Programa Encontro com Fátima Bernardes e quando saí de lá, arrastei multidões de mulheres pelo Brasil causando o Movimento Top Loba, uma causa social a favor da valorização da autoestima na maturidade, rompendo padrões de beleza.

Aos 42, abri minha empresa Top Loba Empreendimentos e hoje tenho a Revista Top Loba mensal online e o Clube Top Loba 5 Estrelas, um clube virtual com mulheres reais, provando que “a beleza vem da essência e da maturidade”.

Hoje tenho 43 anos, meus filhos tem 19 e sou uma empreendedora em processo de criação constante. Neste ano de 2019, estou organizando o Primeiro Baile de Máscaras com Empreendedorismo Emocional, para desmascarar as histórias reais por traz de mulheres comuns, porém extraordinárias!