Empreendedora aposta em franquia de orgânicos após 35 anos como executiva

Fatima Borges 25/11/2019
Fatima Borges 25/11/2019

A minha história poderia ser como a de tantas outras pessoas em todo o mundo, mas resolvi investir em um negócio próprio e mudar de vida. Comecei a trabalhar com apenas 13 anos em uma loja especializada em itens de cristal. Aos 14 anos, passei a auxiliar na administração da loja. Depois, trabalhei como bancária. Em paralelo, graduei-me em três cursos: Administração de Empresas, Contabilidade e Direito. Parti, então, para uma carreira sólida no Porto de Santos. Foram 35 anos de atividades como executiva em multinacionais. Na última empresa, onde passei 11 anos, tive participação desde o início das obras até o controle e gestão de todo o suporte administrativo da multinacional, atuando em aspectos essenciais para continuidade do negócio.

No último ano, participei de conversas com colegas de trabalho, comecei a pensar em um plano B. A ideia era abrir uma franquia, um negócio que pudesse ser administrado, temporariamente, em paralelo com a carreira. Com colegas, iniciei uma série de pesquisas. Pensaram, inicialmente, em abrir uma cafeteria. Depois, avaliaram o mercado de chocolates. Porém, em meio às pesquisas, descobriram o nicho de alimentação saudável e orgânicos. A identificação foi total.

A atenção dada pela equipe da franqueadora com informações, sanando dúvidas e todo o suporte oferecido durante o período de avaliação da marca foi um diferencial incrível. A empolgação foi tão grande, que em setembro de 2017, eu e as colegas de trabalho firmamos contrato com a rede Terra Madre – Orgânicos e Saudáveis, marca pioneira no setor de franquias a apostamos no nicho de orgânicos e, em março de 2018, a loja foi inaugurada. Nesse período inicial, éramos seis sócias cuidando do negócio. Cada uma tinha sua área de responsabilidade.

No entanto, alguns meses depois, a sociedade foi desfeita e  assumi o comando da franquia. Para isso, passei a me dedicar integralmente ao meu próprio negócio. O plano B virou A e não precisei de mais do que um mês para me ver apaixonada pela loja.

O espaço tem cerca de 440m². São dois andares totalmente dedicados a itens saudáveis e orgânicos. No térreo, as pessoas encontram mais de 6 mil produtos comercializados pela Terra Madre, parte de mais de 90 marcas. Também podem se deliciar na cafeteria da loja, que oferece quitutes frescos e cuidadosamente preparados. Organizei o espaço pensando com carinho no momento daquele lanche saudável. Oferecemos aos nossos clientes, neste espaço, doces e salgados preparados sem açúcar, sem glúten, sem lactose e extremamente saborosos.

Reservei o piso superior da sua loja para eventos diversos. Para isso, conta com uma cozinha pré-montada, para a qual convido nutricionistas que, por sua vez, ensinam o público da loja a preparar receitas simples e saudáveis. Também acontecem demonstrações de produtos, palestras com profissionais de saúde, etc. O objetivo é levar informação aos clientes e manter a loja sempre cheia. Por conta disso, o espaço já tem agenda de eventos preenchida até o final do ano. O sonho é desmistificar a alimentação saudável para que todos possam alcançar uma boa longevidade, com muito mais saúde.

Para Artidonio Gomes Oliveira, gestor de franquias da Terra Madre, a estratégia adotada vem dando certo e está comprovada por números. “Ela é uma franqueada excelente. Sua loja vem batendo recordes de vendas e, além disso, é a primeira unidade franqueada a conseguir 100% no check list da consultoria. Isso significa que seus processos de gestão seguem fielmente as orientações da franqueadora, resultando em crescimento de faturamento. Isso coloca a loja como exemplo para toda a rede”, afirma o executivo.