O que procurar na hora de comprar uma franquia

Paulo Alexandre 16/09/2019
Paulo Alexandre 16/09/2019

Empreender é um risco e na hora de investir no próprio negócio muitos optam por uma franquia, mas a maioria não sabe o que procurar e nem qual segmento empregar o dinheiro.
Paulo Alexandre, sócio fundador da Arranjos Express, franquia especializada em serviços de costura que incentiva a transformação, preza pelo reaproveitamento e aposta na sustentabilidade e conta com 100 unidades ao redor do mundo, dá algumas dicas primordiais para quem está pensando em empreender, mas não sabe por onde começar.

1. Estudar o mercado 

Além do capital a ser investido e das habilidades do empreendedor, é importante levar em conta as oportunidades geradas no mercado. Alguns negócios são mais impactados por crises, mas outros encontraram nelas as condições perfeitas para crescer, por exemplo. Portanto, é preciso ficar atento aos modismos e negócios que surgem e se esvaem com rapidez, além de observar as tendências e demandas apresentadas por potenciais clientes.

2. Verificar quais são os recursos disponíveis 

É importante escolher uma franquia que esteja de acordo com o investimento disponível. O mercado oferece opções de baixo, médio e alto investimento, mas especialistas recomendam que se tenha o dobro do capital necessário para investir no negócio.

3. Analisar a infraestrutura da franquia 

Perguntar todos os detalhes referentes à infraestrutura da franquia para o pleno funcionamento do negócio. Analisar qual é o suporte de implantação, se há fornecedores cadastrados, como funciona o programa contínuo de treinamento, se os produtos demoram a chegar, entre outros. Observar também como a franqueadora presta atendimento aos franqueados. Quantos consultores tem, qual é a formação acadêmica deles e quantas vezes eles visitam os empreendedores no primeiro ano da franquia. Esses questionamentos trarão mais noções sobre a estrutura do negócio. Verificar cuidadosamente a estrutura oferecida pela franquia e como o franqueador se dispõe a contribuir com o sucesso dos seus planos também é fundamental. Afinal, o grande benefício da franchising é a rede de ajuda mútua!

Para finalizar Alexandre cita que não se pode esquecer que o empreendedor deve saber qual é o seu perfil. “A pessoa precisa se conhecer muito bem para entender qual é o seu perfil como empreendedor e se essas características tem ligação com a franquia cogitada. Deve-se avaliar bem e buscar por setores que se encaixem em suas experiências e habilidades”.