Rede de franquias Urban Arts, que faturou R$ 34 milhões no ano passado, busca novos investidores

Redação 29/05/2019
Redação 29/05/2019

A Urban Arts, primeira franquia de galerias de arte do Brasil, está empenhada em expandir a marca para o sul do país, com foco principal no estado do Rio Grande do Sul.

“Hoje temos unidades em quatro cidades da região. A meta é abrir mais dez por todo país em 2019 e esperamos que algumas delas façam parte desses três estados. O objetivo é aumentar nossas vendas em 32% nos próximos 12 meses”, afirma Gustavo Guedes, sócio da Urban Arts.

No ano passado, a rede faturou R$ 34 milhões e projeta chegar ao fim de 2019 com 32 novas galerias no país.

Entre 2015 e 2018, as franquias abertas da Urban Arts quase dobraram o faturamento, um crescimento de 91%.

Atualmente, no sul do Brasil, a galeria tem unidades em Florianópolis e Joinville, no estado de Santa Catarina, e em Curitiba e Maringá, no estado do Paraná.

Em Maringá, quem comanda a galeria é a arquiteta Arianne Vatanabe. “Antes eu procurava quadros e encontrava poucas opções. O mercado aqui tinha uma lacuna.”, relembra.

A empresária destaca o suporte oferecido pela Urban Arts. “O acompanhamento especializado da franqueadora me deu mais segurança para aderir a rede”, explica.

Em operação desde maio de 2009, a Urban Arts oferece trabalhos de mais de quatro mil artistas independentes, do Brasil e do mundo. São mais de 90 mil obras cadastradas na plataforma, todas autorais, exclusivas e com tiragem limitada. Em 2012, a Urban Arts inaugurou a primeira galeria física na rua Oscar Freire, em São Paulo, e hoje conta com três galerias próprias e mais 21 franqueadas.

Serviço

http://franquia.urbanarts.com.br/

Comentar

Os itens com asterisco (*) são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.