Consolide revoluciona mercado de registro de marcas e cresce em média 200% ao ano

Redação 19/11/2019
Redação 19/11/2019

A Consolide, startup que vem revolucionando a forma de registrar as marcas de micro e pequenas empresas, se consolida como líder do segmento no Brasil, em menos de três anos de operação. A empresa, que surgiu em 2017, atingiu o número de 4,5 mil clientes que utilizam sua plataforma para registro de marcas no INPI. Unindo agilidade com transparência, e adicionando o conceito de escalabilidade, a Consolide torna-se referência no nicho de registro de marcas e vai dobrar seu faturamento em 2019, em comparação com 2018.

“Nosso formato, que prioriza a experiência positiva do cliente, se mostra exemplar quando, no controle de qualidade de nossos serviços, não registramos nenhuma avaliação negativa. A expectativa para 2020 é ainda melhor, uma vez que micro e pequenas empresas estão cada vez mais cientes da importância de protegerem suas marcas e assegurarem a propriedade intelectual de seus negócios”, analisa Alan Marcos, CEO da Consolide.

Tradicionalmente, o procedimento necessita do deslocamento do cliente até uma empresa de registro, a reunião de diversos documentos, o envio pelos correios e várias outras etapas que burocratizam o serviço. E a startup consegue tornar tudo muito mais fácil, garantindo o protocolo do pedido de registro chancelado pelo INPI em um dia útil, o mais rápido do mercado.

“Tudo é feito pela plataforma de forma online, com uso de tecnologias próprias, como a assinatura digital, checkout de pagamento e envio dos documentos, permitindo os advogados atuarem imediatamente no pedido de registro. Inclusive, nossa ferramenta permite acompanhar o status do processo por parte do cliente, desde o fechamento do contrato até a entrega do registro da marca”, explica o CEO.

O processo, hoje, leva em torno de 12 meses, podendo ocorrer o insucesso, ou seja, o cliente chegar ao final do procedimento e não conseguir o registro, pois existem fatores subjetivos e de interpretação do julgador que o avalia. “Além de oferecermos inovação tecnológica como o principal diferencial, ainda damos garantia do processo. Caso o cliente não consiga o registro, protocolamos um novo pedido de maneira gratuita”, afirma Alan.

Atualmente, são abertas a cada mês mais de 200 mil novas empresas no Brasil, enquanto são realizados apenas 17 mil novos pedidos de registro de marcas. Ou seja, somente 8,5% dos empresários entram com o pedido de registro, segundo dados do INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Apesar do baixo índice, o número de pedidos de registros cresce ano a ano e, de 2017 para 2018, registrou aumento de 9,8%, de acordo com o órgão.

“Quando fui abrir a minha empresa de roupas em 2010, me frustrei com tanta burocracia para o registro da marca, além da falta de serviços que, de fato, me auxiliassem nesse processo. Por isso, decidi fundar a Consolide, pensando em conscientizar e apoiar esses empresários que até hoje sofrem com a falta de informação e qualidade no serviço prestado. Da minha dificuldade nasceu um negócio que hoje é referência no segmento”, celebra Alan.

Registrar uma marca é a única forma de protegê-la legalmente de possíveis copiadores e da concorrência desleal, além de garantir ao proprietário o direito de uso exclusivo da marca em todo território nacional. “Costumo dizer que ninguém construiria uma casa em um terreno que não é seu. Investir no registro da marca é investir no próprio negócio. E queremos facilitar isso, principalmente, ao pequeno empresário: o dono da padaria, a moça que quer abrir uma loja de roupas para vender pelas redes sociais, o jovem que vai investir em uma loja de doces e todos os que estão realizando o sonho de empreender, conta o CEO.

A Consolide ainda facilita o pagamento, dividindo em até 12 vezes sem juros. “Sabendo da dificuldade que é manter um negócio e o desafio de arcar com mais um investimento, elaboramos um formato financeiro que não compromete o fluxo de caixa do empreendedor.” finaliza Alan.

Sobre a Consolide

A Consolide é uma startup iniciada em 2017 para facilitar e agilizar o processo de registro de marcas para micro e pequenos empresários e que já atingiu o número de 4,5 mil clientes em sua plataforma. A empresa tem como propósito unir tecnologia ao  know how de seu corpo jurídico a fim de garantir o protocolo do processo no INPI em até um dia útil, além da garantia de um novo pedido gratuitamente, caso a primeira solicitação não tenha sido aceita. Atende todas as regiões do Brasil, sem necessidade de deslocamento do cliente e uso dos correios, uma vez que seu procedimento é 100% online.

Sobre Alan Marcos

Advogado, Pós-graduado em Direito Empresarial e Especialista em Propriedade Industrial pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual. Em 2013 abriu escritório próprio de advocacia e focou em registro de marcas. 4 anos depois, fundou a Consolide, atualmente a maior empresa de registro de marcas para micro e pequenas empresas do Brasil.