Inovação em Gestão é a chave para desafios do empreendedor

A falta de previsibilidade, a necessidade de adaptação constante e o avanço da tecnologia são dificuldades na gestão, aponta o consultor empresarial e CEO do Grupo Bahia Associados, Jorge Bahia

Uma pesquisa realizada pela Endeavor apontou os principais desafios dos empreendedores brasileiros, com destaque para a gestão de pessoas e a gestão financeira do negócio, o excesso de burocracia (jurídico e regulação), o marketing de vendas e a inovação na gestão.

Segundo o consultor Empresarial e CEO do Grupo Bahia Associados, Jorge Bahia, as maiores dificuldades da gestão hoje são a ausência de uma estratégia explícita para lidar com o futuro do trabalho; as mudanças no mercado que provocam a necessidade de adaptação constante de talentos e processos; e o avanço da inteligência artificial e a falta de preparo para lidar com substituições de pessoas por tecnologia. É essencial ainda, uma cultura aberta à inovação, que diante desse cenário atual, não é uma alternativa, é sim uma necessidade, ressalta Jorge.

Jorge Bahia cita que a inovação é um pré-requisito que surge da evolução natural das operações empresariais, dos problemas operacionais e da abrangência de novas possibilidades de comércio, consequentemente na qualidade de controles de fluxo financeiro e nas premissas de órgãos públicos fiscalizadores das atividades realizadas pelas empresas, que também evoluíram muito em tecnologia da informação destinada a homologar os procedimentos, registros e apontamentos realizados por essas corporações.

O CEO do Grupo Bahia Associados explica que a visão inovadora está vinculada a acompanhar as transformações, e quando possível, ser a própria transformação, ser a inovação, e estar na vanguarda da mesma. E isso pode ocorrer de várias formas:

1 – No processo de engajamento da equipe para determinada finalidade, para alcance de determinado objetivo.

2 – Na busca da excelência de atendimento, seja para clientes internos ou para clientes externos.

3- Pode ocorrer com perfil dinâmico de liderança, respeitando opiniões, captando as mensagens, mas dando feedback sobre as mesmas e convencendo os envolvidos do caminho a ser seguido mesmo contra a opinião de alguns que posteriormente com a evolução do tema irão se engajar à proposta pelo perfil inovador do projeto, pela capacidade e conhecimento técnico de quem o conduz.

4 Com o direcionamento dos recursos, humanos, materiais e financeiros, de forma uníssona, eliminando desperdício e alcançando no prazo determinado o objetivo planejado é o perfil atual que identifica uma gestão inovadora.

As evoluções relacionadas ocorreram de forma rápida sem que muitas empresas percebessem a necessidade de mudança que poderia ser realizada de forma mais programada, explica Jorge. “Muitas empresas tem um ótimo produto, ótima estrutura de distribuição, fidelidade de clientes, mas por não entenderem e atenderem o “time das mudanças” tiveram perda operacional durante um período.”, ressalta o consultor.

É importante conscientizar os gestores dessas corporações sobre a necessidade de mudança da sua cultura operacional, necessária para essa gestão inovadora com perfil dos dias atuais. Segundo Jorge Bahia, questões como investimentos em CAPEX ou em OPEX, questões relacionadas a avaliar gastos fixos em administrar áreas físicas vazias, sem ocupação, versus, alugá-la podendo obter uma receita; ou mesmo, manter uma linha de produção ociosa ou realizar a industrialização para terceiros podendo ocupá-la quase que em sua plenitude,ou ainda realizar o e commerce através de plataforma própria ou através de um marketplace, são alguns exemplos de trabalhos relacionados a mudança de cultura operacional da empresa necessários, muitas vezes, para a sobrevivência do negócio, ou mesmo para a reversão consistente de resultados em até três anos.

É fato que as empresas com esse perfil de busca de gestão inovadora e de forma racional propícias a essa alteração de cultura operacional são as que reverteram prejuízos em rentabilidade e lucratividade de maneira consistente, conclui Jorge Bahia.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

Você também vai gostar de: